Levir ri ao lembrar de rusga com Fred: "Só faltava me surpreender com isso"

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C

Ídolo do Fluminense, o atacante Fred entrou em rota de colisão com Levir Culpi, treinador que havia recém-chegado ao clube em abril de 2016, em episódio que na época quase terminou com a saída do jogador do clube das Laranjeiras. Ao recordar o caso nesta segunda-feira (30), o comandante, em entrevista à Rádio Bandeirantes, caiu na risada: "Só faltava eu me surpreender com isso".

Levir dizia justamente que sua longa carreira no futebol o fez passar por muitas situações de conflito e que por isso já estaria "calejado". Perguntado se a rusga com Fred o deixou preocupado, respondeu negativamente e disse que não mudaria nada do que fez.

"Um jogador, um ídolo, um ídolo que não tem cultura alguma e vira líder, o falso líder... há de tudo dentro de um time de futebol", considerou, sem deixar claro se estava falando diretamente sobre o centroavante tricolor.

"Com Fred nós nos sentamos para conversar, nos entendemos e a coisa aconteceu naturalmente", prosseguiu. "Eu vou dormir tranquilo com as decisões que tomo, e sei que de maneira ou outra elas podem tomar rumo desgovernado".

Fred, no começo de abril, disse ao presidente Peter Siemsen que não jogaria mais sob o comando de Levir, que rapidamente reagiu: "É simples: se o jogador não está satisfeito, tem que sair". Mais tarde, o camisa 9 recuou e as partes se entenderam. O jogador, aliás, foi titular no clássico do último domingo (29), contra o Botafogo, e fez o gol da vitória por 1 a 0 pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos