Lugano reprova discussão entre Maicon e Rogério: 'se resolve internamente'

Do UOL, em São Paulo

  • Robson Ventura/Folhapress

    Reclamação de Maicon com Rogério foi minimizada por Diego Lugano

    Reclamação de Maicon com Rogério foi minimizada por Diego Lugano

Diego Lugano considera que Maicon e Rogério erraram ao discutir na saída de campo do Morumbi logo após o São Paulo derrotar o Palmeiras, por 1 a 0, domingo. O zagueiro uruguaio conta que bate-bocas são normais no futebol, mas que devem ocorrer nos vestiários, longe de imprensa e público.

"Acho que cobranças e discussões são normais, mas talvez falte um pouco de maturidade para o grupo. Tem de resolver as coisas internamente, no vestiário. São coisas que devem ficar dentro do grupo. Essa deve ser a forma de agir do São Paulo. Torcida e imprensa só devem ver o que a gente quer que veja", recomendou Lugano, nesta segunda-feira.

Maicon esbravejou contra Rogério alegando que o atacante exagerou no preciosismo nos minutos finais do clássico paulista. Rogério desperdiçou pelo menos duas jogadas de ataque, podendo tocar a bola para os atletas de ataque.

Lugano, assim como os demais jogadores do São Paulo, minimizaram o entrevero.

Logo após a partida, o técnico Edgardo Bauza 'aprovou' a discussão: "Me encanta que estejam brigando. Gosto muito. Quer dizer que tenho atletas que querem ganhar e quando há prestígio sempre há discussões. Se não houvesse, lamentaríamos".

Ganso concordou:

"O Rogério tinha tomado as decisões dele no jogo... Foi uma questão de tomada de decisão", disse Paulo Henrique Ganso. Questionado sobre quem tinha razão na discussão, o camisa 10 minimizou: "Ninguém. Nosso time é um grupo e cresceu por causa disso. A gente cobra o Maicon para ir bem na defesa e ele cobra a gente para ir bem no ataque".

Com a cabeça mais tranquila, Rogério foi questionado sobre o lance e encarou a discussão como 'normal'. "Acontece. É de jogo. Tem que cobrar, e tem que ser dentro do campo mesmo. Só quem está atrás vê o erro ali", disse o atacante.

Mais tarde, Maicon, na zona mista, também comentou o ocorrido. "É um jogador que tem nos ajudado bastante... A gente teve uma cobrança dentro de campo, positiva, não teve nada de negativo. Não foi a primeira vez e nem vai ser a última", disse.

"Time que quer vencer tem que ser cobrado dentro e fora de campo. No meu ver ele podia ter tocado a bola e no ver dele ele podia ter driblado. É um jogador que respeito bastante e falei pra ele: 'se falei alguma coisa que não te agradou, peço desculpa'", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos