Empresário negocia Hernane com Flamengo e mais dois. Bahia critica assédio

Dassler Marques, Marcello De Vico e Vinicius Castro

Do UOL, em São Paulo, Santos e Rio de Janeiro

  • Divulgação

    Hernane Brocador tem contrato com o Bahia até dezembro deste ano

    Hernane Brocador tem contrato com o Bahia até dezembro deste ano

A novela Hernane continua ganhando novos capítulos. O atacante, que atualmente defende o Bahia e tem contrato com o clube baiano até o fim da temporada, pode mudar de ares em breve. De acordo com o próprio empresário do atleta, Paulo Pitombeira, existe negociação pelo Brocador com Flamengo – maior interessado – e outros dois clubes, não revelados.

Ao UOL Esporte, Paulo Pitombeira contou ainda que o Bahia 'tem prioridade', já que é 'o atual clube' de Hernane Brocador e, segundo palavras do próprio atacante, onde quer jogar.

O Flamengo sonha há algum tempo com Hernane. O interesse por um atacante aumentou ainda mais por conta do desfalque que o time terá de Guerrero – por conta da Copa América.

Porém, o clube carioca ainda aguarda a decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS) sobre uma briga judicial para entrar de vez na briga pelo Brocador.

Em 2014, o Flamengo negociou Hernane com o Al Nassr, da Arábia Saudita, por 4,5 milhões de euros. O clube, porém, levou um calote e ainda não recebeu. A expectativa é ganhar até R$ 14 milhões na ação que corre na Justiça. Porém, a decisão que inicialmente estava marcada para sair semana passada foi adiada e remarcada para 1º de julho.

Hernane fala em ficar no Bahia

Apesar de o empresário afirmar que ainda negocia Hernane com Flamengo e outros dois clubes, o atacante, em entrevista concedida à Rádio Tupi na noite da última segunda-feira, disse que pretende cumprir o contrato que tem com o Bahia – até o fim deste ano.

"Eu fico feliz pelo interesse do Flamengo, mas tenho contrato com o Bahia, estou bem aqui e quero cumprir meu contrato. Já falei com o meu empresário e ele sabe da minha vontade. Não estou fechando a porta para o Flamengo, mas quero continuar no Bahia", disse.

Bahia critica assédio do Flamengo

Também em entrevista à Rádio Tupi, o vice-presidente do Bahia criticou a postura do Flamengo e lamentou o assédio que Hernane vem sofrendo até de jogadores rubro-negros.

"Primeiro a gente lamenta a postura do Flamengo. Porque se tem interesse, o correto de se fazer no futebol, e o Flamengo gosta muito de se colocar como o clube correto no Brasil, era procurar o Bahia, já que tem contrato com o jogador", disse o dirigente tricolor.

"Não só temos o contrato, como também 25% dos direitos econômicos e a opção de comprar mais 25%, renovando automaticamente o vínculo dele por mais dois anos. Estamos conversando com o empresário para exercer essa cláusula contratual", acrescentou.

Só sai se pagar multa

O Bahia bate o pé e garante que o atacante só sai se algum clube pagar a multa. Em entrevista ao UOL Esporte, o presidente Marcelo Sant'Anna reforçou o desejo de voltar 'de qualquer jeito' para a Série A, disse fazer questão da presença do atacante na competição nacional e falou que o Bahia estuda adquirir mais 25% dos direitos do jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos