Gil desconversa sobre Elias na China: "Quero que ele seja feliz"

Danilo Lavieri e Guilherme Palenzuela

Do UOL, em Los Angeles (EUA)

  • Lucas Figueiredo/Mowa Press

    Gil dá entrevistas na seleção brasileira

    Gil dá entrevistas na seleção brasileira

Gil preferiu não falar sobre a possível ida de Elias ao Shandong Luneng, seu time na China. Em entrevista nesta terça-feira (31) pouco antes do treino da seleção brasileira, o zagueiro desconversou sobre a chance de receber outro corintiano no grupo que é comandado por Mano Menezes.

O meio-campo seria o terceiro atleta do atual grupo da seleção brasileira que disputará a Copa América de 2016 que está no futebol chinês. Além de Gil, Renato Augusto também está no Oriente.

"A gente nem conversou sobre isso ainda. Fiquei sabendo que temos notícias. E vamos ver o que ele fala, se ele passa algo para a gente. A gente torce para que ele seja feliz se ele for para a China ou não", disse Gil.

O zagueiro, inclusive, voltou a afirmar que não sente nenhuma dificuldade física e técnica por estar atuando no futebol chinês, que tem um nível pior em relação ao brasileiro e ao europeu.

Substituto de David Luiz e no lugar que tem Thiago Silva como um dos principais jogadores da posição, Gil disse que não sente nenhuma pressão por vestir a camisa da seleção.

"Eu sempre coloquei aqui que eu vim aqui para fazer meu trabalho com meus companheiros. Independentemente de quem esteja aqui. O David e o Thiago são excelentes jogadores, são excelentes pessoas. Mas eu acho que a escolha do professor Dunga e se ele escolheu a mim e outros é porque ele confia. Não me sinto pressionado, continuo trabalhando da mesma maneira", completou.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos