Alex volta a recusar saída, direção muda o tom e meia fica no Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    Inter dará nova chance a Alex após bom jogo contra o Santos e ofertas serem recusadas

    Inter dará nova chance a Alex após bom jogo contra o Santos e ofertas serem recusadas

Alex fica no Internacional. Depois de ser sondado por Atlético-MG e procurado novamente pelo Botafogo, o meia não deixará Porto Alegre. O novo cenário é fruto da mesma posição do jogador, que não deseja sair do Colorado, e de mudança no discurso da diretoria.

Na semana passada, o plano da cúpula era negociar Alex imediatamente. As ofertas insatisfatórias e a posição do jogador, irredutível, fizeram a ideia sumir.

Parte da diretoria segue insatisfeita com Alex. Na semana passada, os cartolas reiteraram o aval para diálogo do Botafogo com o meia e ouviram, das duas partes, que não houve evolução alguma. Dias antes, o Atlético-MG fez uma consulta direta ao jogador. Não foi adiante.

O UOL Esporte também apurou que os rivais Bahia e Vitória procuraram negócio por Alex. No começo da temporada, ainda com Paulo Roberto Falcão como treinador, o Sport igualmente fez sondagem.

O argumento de Alex, para ficar no Internacional, é a adaptação da família, instalada em Porto Alegre desde 2013 e que antes passou por situações tensas no Oriente Médio. Além do bem estar, o sonho do meia é participar da conquista de um título nacional com o Colorado.

O rendimento dele, contudo, não agrada. Argel Fucks chegou a cobrar publicamente o jogador. Dias depois, no Instagram, o meia se envolveu em polêmica ao postar mensagem sobre cobrança e formas de liderar.

Aos 34 anos, Alex tem contrato até julho de 2017 com o Internacional. Com salário na faixa dos R$ 400 mil, é considerado um dos líderes do elenco, após a saída de D'Alessandro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos