Goleiro que jamais estreou pelo Atlético-MG pode ir para o Vila Nova

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Lauro chegou ao Atlético-MG para suprir lesões de Victor e Giovanni

    Lauro chegou ao Atlético-MG para suprir lesões de Victor e Giovanni

O Atlético-MG pretende se desfazer de um jogador que nem sequer estreou pelo time. Contratado junto à Lajeadense, Lauro tem contrato com o clube até dezembro deste ano, mas foi preterido pelas comissões técnicas de Diego Aguirre e Marcelo Oliveira. O experiente goleiro está próximo de um acordo com o Vila Nova-GO.

O jogador, de 35 anos, chegou à Cidade do Galo em março, devido às lesões sofridas por Victor (que passou por uma artroscopia no joelho direito) e Giovanni (contusão facial após choque com jogador do Tupi, pelo Mineiro).

O atleta firmou um compromisso de nove meses – com salários mensais de aproximadamente R$ 30 mil – com os mineiros. A sua contratação ocorreu por conta da ausência de reservas para o jovem Uilson durante a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Como os dois primeiros nomes do setor estavam lesionados, a diretoria se movimentou para buscar um atleta para vaga.

Em sua curta passagem pelo Atlético, Lauro nem sequer entrou em campo. Todavia, ficou entre as opções de Diego Aguirre, demitido em maio passado, em cinco oportunidades: os triunfos sobre Villa Nova (7 a 2), URT (2 a 0) e Santos (1 a 0) e as derrotas para Independiente Del Valle-EQU (3 a 2) e Tricordiano (4 a 2).

Desde que Marcelo Oliveira chegou à Cidade do Galo, há duas semanas, o goleiro não apareceu entre os relacionados. O comandante sempre optou por utilizar Victor – titular absoluto da posição –, Giovanni e Uilson.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos