Miranda reclama de dores, passa por exames, mas segue na seleção

Danilo Lavieri e Guilherme Palenzuela

Do UOL, em Los Angeles (EUA)

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

Miranda seguirá com a seleção brasileira. Após reclamar de dores no treino da última quarta-feira, ele passou por exames nesta quinta, mas não houve a necessidade de corte.

Assim sendo, ele segue com o grupo, mas passa a ser dúvida para a estreia do time na Copa América Centenário, que está marcada para o dia 4 de junho, contra o Equador.

O atleta ficará sob a atenção do departamento médico e de fisioterapia da seleção e dará prosseguimento a todo o tratamento nos Estados Unidos.

NO TABELINHA, JUCA E BIRNER DETONAM DUNGA E CBF POR DESFALCAREM TIMES DO BRASILEIRÃO: "SACANAGEM"

Miranda é o atual capitão da seleção brasileira por causa da ausência de Neymar e tem sido figura constante desde quando Dunga assumiu a seleção, após a Copa do Mundo de 2014. Nessa competição, aliás, o zagueiro ficou de fora por opção de Luiz Felipe Scolari. 

Até aqui, Dunga já precisou cortar seis jogadores. Ricardo Oliveira, Douglas Costa, Rafinha, Ederson, Kaká e Luiz Gustavo. Os convocados foram Jonas, Lucas, Marcelo Grohe, Paulo Henrique Ganso e Walace.

Vale destacar que Kaká já havia sido chamado como substituto do corte de Douglas Costa e precisou ser cortado cinco dias depois.

O regulamento da competição prevê que sexta-feira é o último dia para a seleção brasileira fazer cortes e, enfim, definir a lista de 23 atletas convocados para a Copa América. Além de Equador, o Brasil enfrentará na primeira fase o Haiti e o Peru.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos