Por logística, Walace perderá estreia da seleção brasileira na Copa América

Danilo Lavieri e Guilherme Palenzuela

Do UOL, em Los Angeles (EUA)

  • Lucas Uebel/Grêmio

Walace não se juntará ao grupo da seleção brasileira em Los Angeles, nos Estados Unidos. Por questões de logísticas, ele irá direto para Orlando e perderá a estreia da seleção brasileira na Copa América, contra o Equador, no próximo sábado.

Para evitar um desgaste desnecessário, especialmente ao fuso horário (4 horas atrás em relação a Brasília), o atleta irá direto para a cidade em que a seleção jogará a segunda rodada, contra o Haiti e desembarca quase junto com o grupo no domingo. 

Depois de enfrentar o Palmeiras nesta quinta-feira (2), pelo Brasileirão, o volante vai treinar até sábado com a equipe do Grêmio e então embarca para a competição.

Walace foi convocado para substituir Luiz Gustavo, o sexto corte da seleção brasileira. Antes dele, já haviam saído do grupo Douglas Costa, Ricardo Oliveira, Ederson, Kaká e Rafinha. 

TREINO DESTA QUINTA-FEIRA

Já na Universidade da Califórnia, a seleção brasileira voltou a treinar em solo americano. Sem poder contar com Miranda, que ficou no hotel para fazer tratamento de fisioterapia por causa de dores musculares, o comandante focou em treinar sua defesa e o meio-campo.

Com Marquinhos com substituto de Miranda, a defesa e o meio-campo treinaram passes de bola e marcação com a linha alta. Os atacantes ficaram trabalhando tabelas, com Rogério Ceni fazendo o papel de zagueiro.

O provável time para estrear contra o Equador terá a seguinte formação: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Gil e Filipe Luís; Casemiro; Renato Augusto, Elias, Coutinho e Willian; Jonas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos