PSG agrada Neymar pai, vira assunto delicado e renovação com Barça atrasa

João Henrique Marques e Pedro Lopes

Do UOL, em Barcelona e São Paulo

  • Manu Fernandez/AP

    Neymar segue com a renovação indefinida no Barcelona há mais de quatro meses

    Neymar segue com a renovação indefinida no Barcelona há mais de quatro meses

Neymar já disse publicamente que gostaria de renovar com o Barcelona, mas o acordo ainda não saiu. Enquanto isso, o brasileiro está na mira de vários clubes europeus, e do PSG, na França, vem o assédio mais agressivo. O UOL Esporte apurou que a oferta francesa agrada muito ao pai do jogador, e passou a ser tratada de forma cuidadosa nas últimas semanas.

A proposta se apoia em dois pontos: proteção tributária e uma quantia astronômica de dinheiro. Para se mudar para Paris, o atacante passaria a receber 40 milhões de euros por ano – mais que o triplo recebido na última temporada com o Barcelona -, praticamente livre de impostos, e seria a peça central na montagem de um elenco para brigar por um título da Liga dos Campeões.

Segundo a apuração da reportagem, a possibilidade não balançou Neymar. Fluente em Espanhol, adaptado à cidade e ao próprio clube, vive perto do filho Davi Lucca, que mora com a mãe Carol Dantas na cidade, e também desfruta dos tempos de lazer ao lado de amigos. Em sua cabeça, as possibilidades de sucesso esportivo ao lado de Messi e Suarez também falam mais alto do que os euros franceses.

Seu pai, entretanto, tem uma visão mais pragmática, e avalia que a mudança pode ser interessante para a carreira do filho no momento. Entram na equação a possibilidade de resolver a vida financeiramente, se afastar de vez dos problemas com a Justiça Espanhola e se tornar a principal estrela de uma potência europeia.

O assunto PSG é velado, sendo Neymar aconselhado pelo pai a não comentar sobre o tema. O cuidado é para não prejudicar a imagem do jogador com o Barcelona.

"Quero ficar no Barcelona e as coisas estão se encaminhando para isso. Meu pai cuida dos assuntos e tenho certeza que vamos chegar em um acordo˜, é o discurso padrão de Neymar, repetido a cada vez que perguntado sobre a renovação.

O contrato atual de Neymar com o Barcelona expira em julho de 2018. E a renovação de um vínculo até junho de 2021 já é discutida há mais de quatro meses entre clube e o estafe do jogador.

A renovação era dada como simples na fase inicial. Neymar passou por grande fase em campo substituindo o lesionado Messi em jogos do início da temporada e gozava de grande aceitação com mídia e torcida catalã. A única proposta que o Barcelona tinha em mãos pelo atacante era do Manchester United (ING), mas esportivamente não agrada ao brasileiro por uma avaliação de que o estilo de jogo inglês não é o ideal.

Sem a renovação assegurada, Neymar viu o cenário mudar em Barcelona com o excesso de críticas, principalmente, por conta da vida noturna. Aborrecido, resolveu até mudar o comportamento em rede sociais.

Neymar tem salário de 5 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões) fixos com o Barcelona, e várias bonificações, tais como participações em jogos, gols e títulos, que o deixaram com ganho de aproximadamente 13 milhões de euros na temporada (cerca de R$ 52 milhões). A renovação com o Barcelona implica em aumento salarial fixo do jogador.

O Barcelona não trabalha com a possibilidade de aumentar o ordenado de Neymar sem a ampliação do contrato válido até 2018. A possibilidade do brasileiro seguir por mais uma temporada com o salario inalterado é baixa. A renovação neste momento passa fundamentalmente pela recusa do jogador pela proposta do PSG.

O pai de Neymar, assim como o jogador, foram procurados pela reportagem através da assessoria de imprensa, mas não se posicionaram sobre o tema. O Barcelona avisa que a renovação segue em negociação. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos