Alecsandro é flagrado em exame antidoping; contraprova será sexta nos EUA

José Edgar de Matos*

Do UOL, em São Paulo

  • Friedemann Vogel/Getty Images

    Alecsandro foi flagrado em exame antidoping após partida contra o Corinthians

    Alecsandro foi flagrado em exame antidoping após partida contra o Corinthians

O atacante Alecsandro, que vinha atravessando boa fase com a camisa do Palmeiras e era o vice-artilheiro da equipe no ano, com 10 gols, foi flagrado em um exame antidoping por uso de anabolizantes. A prova apontou positivo para O-Dephenylandarine, metabólito do Andarine, um agente anabólico que pode interferir na potência muscular até como ser usado para combater a calvice.

O teste foi realizado após o jogo entre Palmeiras e Corinthians, dia 03 de abril, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Na ocasião, o clube alviverde venceu por 1 a 0, gol do atacante Dudu, e Alecsandro atuou como titular durante toda a partida. 

O exame de contraprova do jogador ocorrerá na sexta-feira, em um laboratório de Los Angeles, nos Estados Unidos.

O departamento médico do Palmeiras foi comunicado pela Federação Paulista de Futebol na última segunda-feira (06) sobre o flagrante. O jogador também já está ciente do caso, segundo informações apuradas pelo UOL Esporte com fontes próximas ao jogador.

O clube emitiu uma posição oficial no início da tarde. "A Sociedade Esportiva Palmeiras informa que a prova de urina colhida do jogador Alecsandro na partida contra o Corinthians em 3 de abril, válida pelo Campeonato Paulista, apontou positivo para O-Dephenylandarine, metabólito do Andarine, substância esta proibida pela WADA. A contraprova, que analisará uma outra parte do material, será feita até o início da próxima semana. A previsão é de que o resultado seja divulgado em até um dia útil após a nova análise", disse o clube.

A FPF (Federação Paulista de Futebol), instantes depois do Palmeiras, também emitiu um comunicado no qual confirma a liberação de Alecsandro.

"A Federação Paulista de Futebol informa que exame de controle de doping realizado no atleta Alecsandro Barbosa Felisbino, da Sociedade Esportiva Palmeiras, apontou positivo para O-Dephenylandarine, substância proibida pela WADA. A substância foi encontrada no exame do jogador na partida entre Palmeiras e Corinthians, válida pelo Paulistão Itaipava, dia 3 de abril. O clube solicitou contraprova, que será realizada até o início da próxima semana. O atleta está liberado para jogar até decisão do TJD-SP, baseada no resultado da contraprova", comunicou a entidade.

A boa fase do atacante nesta temporada garantiu a ele um lugar dentre os titulares após a chegada do técnico Cuca. Contudo, após atuações abaixo da média, acabou no banco de reservas de Gabriel Jesus, que passou a atuar mais adiantado. Lucas Barrios e Cristaldo, outras opções do Palmeiras para a posição, convivem com problemas físicos e ainda não conseguiram emplacar uma sequência de jogos nesta temporada.

Mesmo após perder espaço na equipe titular, Alecsandro segue prestigiado no Palmeiras. O clube recebeu recentemente uma sondagem do Cruzeiro pelo atacante, já que o técnico Paulo Bento havia gostado do desempenho do veterano, mas a negociação acabou não avançando por Alecsandro ser considerado uma peça importante no elenco alviverde.

Nesta terça-feira (7), na Academia de Futebol, o atacante participou normalmente de jogo-treino dos reservas contra o Nacional-SP. O Palmeiras atuou com Vagner; Fabiano, Roger Carvalho, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos, Cleiton Xavier, Rafael Marques e Luan; Alecsandro e Barrios.

O processo - Para que seja configurado doping em um atleta, é preciso que se esgote prova e contraprova. Primeiramente, o exame com coletas de urina dos jogadores é feito em um laboratório credenciado pelas federações.

Caso dê positivo, o caso é encaminhado à comissão antidopagem da CBF, que por sua vez comunica à ABCD (Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem), órgão ligada ao Governo Federal. Em contato com o UOL Esporte, o secretário da ABCD, Marco Aurélio Klein, informou que a secretaria não foi comunicada sobre o suposto exame positivo de Alecsandro.

*Colaborou Bruno Thadeu

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos