Bruno Henrique negocia na Itália e pode ser próximo a deixar o Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Acordada pelo Corinthians em abril, a renovação de contrato do volante Bruno Henrique emperrou desde então. O motivo é que crescem as possibilidades de ele se transferir para o futebol italiano no próximo mês.

Em conversas com a direção do Corinthians, a empresa OTB Sports, que gere a carreira de Bruno, apresentou a possibilidade de o volante se transferir para um clube médio da Itália. Recentemente, já de olho nessa alternativa, o jogador retirou cidadania italiana. 

Em resposta, o Corinthians disse que precisaria de mais tempo para tomar uma decisão, principalmente porque esperava que a equipe se estabilizasse no Campeonato Brasileiro. Há a ideia também de que Guilherme Camacho, ex-Audax, possa ser um substituto natural para Bruno Henrique em caso de transferência. 

Os valores e detalhes do negócio são guardados pelos envolvidos. Mas, se realizada nos moldes atuais, a transferência deixaria lucro pequeno ao Corinthians, que tem 25% de direitos econômicos - toda a fatia restante cabe ao Banco BMG. 

Como o contrato atual de Bruno Henrique vence em dezembro, a autonomia do Corinthians para barrar uma negociação é pequena. A ideia, até abril, era ampliar o vínculo do jogador por mais duas temporadas e ainda adquirir mais 25%. Em outro negócio recente pelo lateral Edílson, a OTB Sports e o Monte Azul ficaram com a maior fatia da ida ao Grêmio. 

Por meio de sua assessoria de imprensa, a OTB Sports negou que exista alguma proposta para o volante Bruno Henrique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos