EUA decidem no primeiro tempo e entram na briga por quartas da Copa América

Do UOL, em São Paulo

  • Jonathan Daniel/Getty Images/AFP

    Dempsey, Jones (foto), Wood e Zusi marcaram para os EUA

    Dempsey, Jones (foto), Wood e Zusi marcaram para os EUA

Os Estados Unidos voltaram à briga por uma vaga nas quartas de final da Copa América Centenário. Nesta terça-feira, em jogo no Soldier Field, em Chicago, pela segunda rodada do Grupo A, a equipe do técnico Jürgen Klinsmann derrotou a Costa Rica por 4 a 0, com três gols no primeiro tempo.

Com o resultado, os EUA chegaram a três pontos em dois jogos - a Colômbia vai a seis pontos após vencer o Paraguai por 2 a 1 na noite desta terça (07). 

No jogo em Chicago, os norte-americanos precisaram de apenas 45 minutos para definir o jogo. Clint Dempsey marcou um gol e deu o passe para o outro, enquanto Bobby Wood sofreu um pênalti e marcou mais um gol.

Os EUA voltam a campo no dia 11, quando enfrentam o Paraguai. No mesmo dia, Colômbia e Costa Rica encerram o Grupo A.

PÊNALTI, SEM RECLAMAÇÃO

Os norte-americanos precisaram de pouco tempo para abrir o placar. Logo aos 7 min, após cruzamento na área pela direita, Bobby Wood foi empurrado na área por Cristian Gamboa. Pênalti, que o veterano Clint Dempsey (ex-Tottenham, atualmente no Seattle Sounders) cobrou no canto esquerdo do goleiro Patrick Pemberton e abriu o placar.

EQUILÍBRIO EM CAMPO? POR POUCO TEMPO

Omar Torres/AFP Photo

Os EUA quase ampliaram aos 24 min do primeiro tempo, em bola para fora do atacante Gyasi Zardes (foto). Os costarriquenhos não se assustaram e partiram para a pressão na bola aérea. Na resposta, porém, o próprio Zardes teve duas oportunidades - na melhor delas, entrou na área pela direita e, de cara para o goleiro, bateu cruzado para fora.

E LOGO VEIO O 2 A 0

Melhor em campo, os EUA chegaram ao segundo gol aos 37 min da etapa inicial. Após bela jogada individual de Dempsey na intermediára, a bola sobrou na esquerda para o experiente Jermaine Jones - o camisa 13 bateu colocado e colocou no canto de Pembertou para ampliar. Na conta da US Soccer no Twitter, o gol foi escolhido o mais bonito do primeiro tempo

VIROU PASSEIO ANTES DO INTERVALO

O terceiro gol veio rapidinho, cinco minutos depois. Bobby Wood recebeu na área pela esquerda, girou em cima de Óscar Duarte e bateu no cantinho de Pemberton. O gol praticamente selou a vitória nos norte-americanos em Chicago.

SEGUNDO TEMPO EM BAIXA VELOCIDADE

Com o jogo praticamente decidido, a etapa final viu os dois times criarem menos oportunidades. A primeira chance de perigo só veio aos 27 min, em passe preciso de Jermaine Jones para Dempsey na área; o camisa 8 tentou cruzar para Alejandro Bedoya, mas a zaga costarriquenha afastou em cima da hora. A Costa Rica tentou responder aos 38 min, em cobrança de falta, mas Kyle Beckerman afastou a sobra e evitou a melhor chance costarriquenha na partida.

E, NO FIM... GOL!

E quando tudo parecia decidido, os EUA fizeram o quarto gol. Aos 42 min da etapa final, Graham Zusi bateu rasteiro da entrada da área e selou a goleada. Nos acréscimos, o experiente Randall Azofeifa arriscou o chute rasteiro, parando na defesa tranquila do goleiro Guzan.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos