Procuradoria do STJD pede perda de 10 mandos de campo para Palmeiras e Fla

Do UOL, em São PAulo

A briga de torcedores organizados de Palmeiras e Flamengo, no último domingo (5), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, poderá mesmo render perda de até 10 mandos de campo para cada equipe. A procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) liberou a denúncia contra as equipes nesta terça-feira.

"As penas previstas às equipes são de multa de até R$ 100 mil por infração e perda de até 10 mandos de campo com pedido de portões fechados. Ainda não há data prevista para o julgamento do processo", informa o comunicado da procuradoria.

O Palmeiras venceu por 2 a 1 o duelo válido pelo Campeonato Brasileiro. Na súmula, o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva narrou o atraso de 12 minutos no início do segundo tempo, provocado pelo gás de pimenta espalhado por todo o estádio e que atingiu também os jogadores.

O gás foi utilizado pela polícia para conter confusão das torcidas nas partes interiores do Mané Garrincha. "O episódio se encerrou com torcedores e policiais feridos e um torcedor do Flamengo em estado grave", acrescenta a nota. 

Flamengo e Palmeiras foram denunciados conjuntamente nos artigos 206 (que trata de atraso), 191, incisos I e III (deixar de cumprir obrigação legal e o regulamento da competição) e 213, inciso I (deixar de prevenir e reprimir desordens) - é este último que prevê a perda de até 10 mandos de campo. 

Além disso, o rubro-negro foi acusado de infringir o artigo 211 (deixar de manter o local que tenha indicado para realização do evento com infraestrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança para sua realização).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos