Europeus procuram Porto por Maicon e dificultam permanência no São Paulo

Guilherme Palenzuela e Pedro Lopes

Do UOL, em Orlando (EUA) e São Paulo

  • REUTERS/Washington Alves

    Michel Bastos e Maicon comemoram o gol do zagueiro pelo São Paulo contra o Atlético-MG, na Libertadores

    Michel Bastos e Maicon comemoram o gol do zagueiro pelo São Paulo contra o Atlético-MG, na Libertadores

Maicon virou titular absoluto e um dos xodós da torcida, mas não é segredo que seu contrato de empréstimo curto (termina dia 30 de junho) preocupa o São Paulo. O clube brasileiro está tentando junto ao Porto contratar o zagueiro em definitivo, mas dois obstáculos – o alto valor pedido e a procura de clubes europeus – já geram pessimismo no Morumbi.

O UOL Esporte apurou que a procura por Maicon entre clubes da Europa já começou: o Porto já recebeu contato de dois clubes, um da Espanha e outro da França, interessados na situação do defensor. As conversas giram em torno de 8 milhões de euros (R$ 31,5 milhões). Os anos de experiência no Velho Continente e a cidadania portuguesa fazem com que o jogador tenha mercado na Europa.

Sabendo disso, o Porto pede alto e aposta em uma boa venda; a primeira pedida ao São Paulo foi de 10 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões), valor fora da realidade brasileira. As tentativas de articular uma troca também não comoveram os portugueses, que estão decididos a receber compensação financeira para a saída do defensor.

A dificuldade nas conversas fazem com que o clima no Morumbi seja de pessimismo quanto à permanência do zagueiro – dirigentes são paulinos admitem que pagar o valor pedido está fora de cogitação. O principal trunfo é a vontade do jogador, que já disse diversas vezes que quer permanecer e está identificado com o São Paulo.

Prorrogação

A alternativa para adquirir Maicon é buscar uma extensão do contrato de empréstimo, para que o zagueiro possa ao menos ficar até o fim a Libertadores. O São Paulo, entretanto, estuda se isso é possível, já que as regras da Fifa preveem prazo mínimo de três meses em novo contrato de empréstimo.

Isso também precisaria passar pelo Porto – o clube português, até o momento, não acenou com esta possibilidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos