Jogador belga causa tumulto em aeroporto alvo de terrorismo após perder voo

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Geert Vanden Wijngaert

    Vander Borre (de azul) se envolveu em confusão em aeroporto na Bélgica

    Vander Borre (de azul) se envolveu em confusão em aeroporto na Bélgica

O lateral direito do Anderletch, Anthony Vanden Borre, que já teve passagens apagadas por Fiorentina e Genoa, causou tumulto no aeroporto de Bruxelas, na Bélgica, nesta terça-feira (08), após não conseguir embarcar em um voo.

Segundo informações publicadas pelo jornal italiano "Gazzetta Dello Sport", o lateral teria chegado atrasado para o check-in de um voo que iria de Crete para Bruxelas. Ao ser impedido pelos funcionários da companhia aérea, o atleta teria ficado revoltado e começado um tumulto no local.

Inicialmente, o atleta teria ficado descontrolado e começado a gritar palavras como "bomba" e "aeroporto", no local que foi palco de um atentado terrorista em março de 2016. Vanden Borre ainda disparou diversos xingamentos aos funcionários da companhia aérea e ameaçou agredi-los.

A situação só se normalizou quando policiais chegaram para controlar o atleta de 28 anos. Após a chegada das autoridades, Vanden Borre se acalmou e entendeu que não havia nada que pudesse ser feito em seu caso.

Contudo, o Anderletch, clube que o atleta defende, não gostou das atitudes do atleta. Apesar de ainda não ter emitido um comunicado oficial, o clube declarou que irá questionar Vander Borre sobre o ocorrido. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos