Sóbis agenda retorno ao México, mas deixa futuro em aberto no Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Eduardo Verdugo/AP Photo

    Sóbis continua no radar do Cruzeiro, mas se reapresenta semana que vem no México

    Sóbis continua no radar do Cruzeiro, mas se reapresenta semana que vem no México

Aproveitando seus últimos dias de férias no Brasil, o atacante Rafael Sóbis já agendou sua viagem de volta para o México. Porém, o retorno ao país em que atua como atacante não significa que o brasileiro seguirá defendendo as cores do Tigres. Apesar de não comentar sobre negociações, o interesse do Cruzeiro já não é novidade e o time mineiro já teria até acertado as bases salariais com o jogador, mas ainda precisa convencer a equipe mexicana de liberar o atleta. Enquanto isso, Sóbis volta ao país e aguarda para definir seu futuro.

"Estou voltando já na sexta-feira. Me apresento no começo da próxima semana. Isso eu imagino, está na minha programação. Tem muita coisa acontecendo, muita gente falando, mas, a princípio, sim, eu volto e a vida segue. Não me envolvo muito com as especulações. Quando alguém quer de verdade, a proposta chega. Estou tranquilo. Digamos que 80% da minha ida eu sei o que vai acontecer; 20%, a gente sabe como é o futebol, muita coisa pode acontecer, então vou aguardar", disse, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Conforme já publicado pelo UOL, o Cruzeiro avançou conversar com o empresário do jogador e acertou as bases salariais para contar com Sóbis a partir do dia 20 de junho, quando abre a janela de transferências. Contudo, resta ainda conseguir a parte mais difícil, que é a liberação do Tigres. O time mexicano tem contrato com o jogador até dezembro de 2017, e possui uma cláusula de rescisão no valor de US$8 milhões.

Questionado sobre seu momento no Tigres, o jogador de 30 anos não escondeu que está feliz no clube, mas deixou em aberto a possibilidade de um eventual retorno ao Brasil.

"Tem muita coisa envolvida. Desde que eu cheguei no Tigres, sinceramente, eu não me senti tão bem em um lugar quanto eu me senti lá. Títulos, muitas finais e muita coisa boa está por vir, a gente sente isso. Mas futebol é negócio. No momento que for bom para todos, eu não posso te falar que não sairei, que ficarei lá pra sempre, que não voltarei para o Brasil, porque amanhã pode surgir alguma coisa e eu posso me passar por mentiroso", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos