Elias evita falar sobre mudança de planos na China após demissão de Mano

Danilo Lavieri e Guilherme Palenzuela

Do UOL, em Orlando (EUA)

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

Cobiçado pelo futebol chinês, o volante Elias viu seu futuro sofrer uma importante mudança nos últimos dias, com a demissão de Mano Menezes do comando do Shandong Luneng. O treinador tinha pleno interesse em tirá-lo do Corinthians e o considerava seu principal reforço, mas acabou demitido de forma surpreendente.

A demissão de Mano breca a possível saída de Elias do Corinthians num primeiro momento, uma vez que o principal interessado em levá-lo à China perdeu o emprego. Questionado após a vitória da seleção brasileira por 7 a 1 sobre o Haiti, pela Copa América, na quarta-feira, nos Estados Unidos, o volante desconversou.

"Para ser sincero o interesse que eu soube era através de vocês [jornalistas]. Em nenhum momento ele [Mano Menezes] falou comigo por telefone ou falou com alguém próximo de mim, com familiares. É um cara por quem torço muito, me deu oportunidades no Corinthians e na seleção. Torcia muito para que ele continuasse, não porque ele me queria, mas porque é um cara que admiro e gosto muito", disse o jogador, que evitou afirmar se a demissão muda sua situação de saída para o Shandong Luneng.

Apesar da declaração do volante, o UOL Esporte apurou que representantes do meio-campista Elias foram surpreendidos com a saída do treinador, o que muda de forma importante a possível ida dele ao Shandong. Mano tinha a palavra de Elias de que toparia trocar o Corinthians pela China e apostava no jogador para mudar o panorama do clube na liga nacional.

Embora o Shandong esteja entre os oito melhores na Liga dos Campeões da Ásia, é o penúltimo na China. Os resultados ruins no torneio nacional determinaram a saída de Mano Menezes.

A saída de Mano Menezes mexe com as situações de jogadores sul-americanos do Shandong Luneng. Quem tem grandes chances de se transferir também é o argentino Walter Montillo. Apesar de ser titular, ele é o mais antigo estrangeiro da equipe e tem contrato só até dezembro. A situação é idêntica à de Vagner Love, que saiu do clube nos últimos meses do fim de seu vínculo para atuar no Corinthians em 2015.

Com menor destaque entre os jogadores estrangeiros, também por problemas físicos no início da temporada, Aloísio enfrenta dificuldades na extensão de seu atual contrato, que é válido até o fim de 2017. Ele foi artilheiro e destaque da temporada passada do Campeonato Chinês. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos