L. Almeida fala em esquecer falha no Palmeiras e se tornar ídolo do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Leandro Almeida foi apresentado como jogador do Internacional no começo da noite desta quinta-feira (09). Depois de realizar o primeiro treinamento, o zagueiro disse que a passagem sem sucesso pelo Palmeiras é passado e o objetivo é ser ídolo no Inter. 

"No Coritiba eu tive uma sequência boa, voltei de quatro anos na Europa. Pude me destacar cheguei a ser capitão, tive uma liderança boa. Mas infelizmente no Palmeiras neste ano num jogo, numa infelicidade eu não fui tão bem e a torcida acabou me criticando. Perdi a oportunidade. É algo que já passou,tenho que esquecer, estou feliz de vestir a camisa do Inter e espero me destacar e fazer história. Quem sabe conquistar títulos. É um clube grande, que luta na parte de cima da tabela e espero contribuir", disse o atleta de 29 anos. 
 
O erro citado ocorreu contra o São Bento, pelo Paulista. Depois, não foi inscrito na Libertadores. A falha jamais foi perdoada pelos torcedores e a partir dela cada vez menos Leandro foi utilizado, até a liberação por empréstimo até o fim do ano com possibilidade de compra no time vermelho. 
 
"Eu agradeço muito ao Palmeiras, eles têm o meu passe, eu estou emprestado. Mas venho aqui para fazer história. Para ser campeão e quem sabe eu tenha a alegria do Inter me comprar. Para isso eu tenho que estar bem dentro de campo, nos treinos e mostrar para torcida que tenho qualidade para ficar. Foi um lance isolado que eu tive no Palmeiras, porque comecei o ano bem no torneio que jogamos no Uruguai, estreei bem no Paulistão. Tive uma falha no segundo jogo, e para zagueiro uma falha é fatal. Infelizmente a torcida pegou no pé a diretoria resolveu não me levar para os jogos, eu até entendo a situação, fiquei triste e espero tudo diferente aqui. Quero poder ser um ídolo aqui e conquistar títulos", explicou. 
 

Negociação rápida

Leandro disse que sua negociação com o Internacional ocorreu rapidamente. E logo que o interesse foi apresentado ele decidiu-se por atuar no Colorado. 
 
"Foi muito rápido. Quando eu soube que não seria aproveitado no Palmeiras apareceram clubes, estudei, e quando veio a chance de vir para o Inter eu não pensei duas vezes. Disse que abria mão de qualquer coisa pra vestir essa camisa. Ele me ligou na terça de noite e na quarta já tinha me mandado a passagem para vir para cá. Já treinei e espero logo estar 100% para ajudar meus companheiros. Sei que a disputa será boa, mas estou aqui para somar e espero contribuir", completou. 
 
A escalação já no sábado depende, primeiro, a publicação do contrato do jogador no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. A direção do clube conta com isso, já que não terá Paulão, suspenso, e Alan Costa será companheiro de Ernando na zaga. "Talvez possa sentir um pouco o ritmo de jogo, mas vinha treinando forte e me preparando por saber que a oportunidade aparece. Hoje o treinador disse que gosta de dar oportunidade e tem que estar preparado para quando aparecer, abraçar", finalizou. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos