Leandrão aplicou ensinamentos do jiu-jitsu para dar volta por cima no Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Divulgação / Instagram

    Leandrão pratica jiu-jitsu nas horas vagas desde 2008: ele voltou com tudo ao Vasco

    Leandrão pratica jiu-jitsu nas horas vagas desde 2008: ele voltou com tudo ao Vasco

Emprestado ao Boavista (RJ) no início do ano, Leandrão ficou de fora do título carioca do Vasco de 2016. E não só isso. Após a competição, ele mal sabia se retornaria de fato ou não a São Januário. Com o futuro indefinido, buscou nas sabedorias aprendidas no jiu-jitsu, sua outra paixão, a força para dar a volta por cima que culminaram com os dois gols marcados na vitória por 2 a 0 do Cruzmaltino, sobre o Joinville, na última terça-feira.

Praticante da arte marcial desde 2008, Leandrão, originalmente, é atleta da academia Alliance, uma das grandes referências da categoria e com filiais espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. Seu fascínio pelo esporte o fez criar amizade com astros do MMA, como os brasileiros Demian Maia, Júnior Cigano, entre outros, com quem já treinou.

"O jiu-jitsu me ensinou a ter muita paciência e dedicação. Isso me fez ser uma pessoa diferente e foi de grande valia agora neste período para eu continuar trabalhando e me dedicando", declarou ao UOL Esporte.

No dia da morte do histórico boxeador Muhammad Ali, na semana passada, Leandrão postou no Instagram uma foto do ex-lutador com uma das célebres frases da lenda: "Eu odiava cada minuto dos treinos, mas dizia para mim mesmo: Não desista! Sofra agora e viva o resto de sua vida como um campeão".

Tal entrega foi algo destacado pelo atacante no desembarque após ser o heroi da vitória em Joinville (SC):

"Meu pensamento era retornar para jogar a Série B. Minha preparação é todos os dias. Quem está próximo de mim, sabe o quanto eu trabalho e o quanto eu busco estar nos 100% da forma física e técnica".

Além do jiu-jitsu, Leandrão é praticante de crossfit, que reúne uma série de atividades físicas para melhorar o condicionamento.

O atacante, nas horas vagas, também aprecia outros esportes, como o surfe, onde presenciou ao vivo o título mundial do brasileiro Gabriel Medina, no Havaí, em 2014.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos