Que papelão! Uruguai perde da Venezuela e é eliminado da Copa América

Do UOL, em São Paulo

  • DON EMMERT / AFP

A zebra deu as caras na Filadélfia (EUA), nesta quinta-feira (9), e a Venezuela venceu por 1 a 0 a seleção uruguaia, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo C da Copa América Centenário. O atacante Salomón Rondón, de 26 anos, fez o gol do triunfo, que acabou eliminando o time de Luis Suárez no torneio – ele, ainda lesionado, não jogou de novo.

Cavani, cara a cara com o goleiro, perdeu duas vezes a chance do empate, aos 44 e aos 45 minutos do segundo tempo. Foi o "vilão" do confronto. 

O Uruguai, com duas derrotas, acabou eliminado do torneio após a derrota da Jamaica para o México. Assim, os mexicanos e os venezuelanos avançam à próxima fase com duas vitórias.

A Venezuela do técnico Rafael Dudamel, por outro lado está classificada com seis pontos em duas partidas. A equipe pegará o México na terceira rodada, às 21h da segunda-feira (13).  

O lance do jogo

Aos 36 minutos da metade inicial, o meio-campista Alejandro Guerra arriscou um chute do meio da rua, ao perceber o goleiro adversário adiantado, e quase fez um golaço. Muslera se recuperou e deu um tapinha na bola, que beijou o travessão e sobrou limpa na área, para quem chegasse primeiro. O atacante venezuelano Rondón se apresentou e, no rebote, colocou a estufou a rede, com um toque só na redonda.

Guerra foi o melhor em campo. Viu isso, São Paulo?

USA Today Sports / Bill Streicher

Alejandro Guerra não deve ser nome estranho aos são-paulinos. Ele é um dos principais jogadores do Atlético Nacional, time colombiano que enfrentará o tricolor na semifinal da Libertadores. E, má notícia para o time de Bauza, mostrou ter qualidade: o atleta, que é a cara de Iniesta, do Barcelona, foi o melhor em campo. O gol do jogo nasceu dos pés do meio-campista, responsável por orquestrar todas as jogadas de perigo do seu time.

Suárez: no banco, mas de assistente

DON EMMERT / AFP

Referência da seleção uruguaia, o atacante Luis Suárez se apresentou à equipe com lesão na coxa, ocorrida ainda em jogo pelo Barcelona, no fim da temporada europeia. Devido à recuperação, não pôde ajudar a celeste dentro das quatro linhas, mas foi a campo – no banco, inquieto e impotente, fez o que lhe cabia: orientou os companheiros, lamentou muito e reclamou da arbitragem.

Vilão da vez: Cavani

Sem Luis Suárez, a esperança da seleção uruguaia em campo foi Edinson Cavani. E ele teve três chances de balançar as redes, todas fáceis para um jogador do seu nível, mas as desperdiçou: foi de potencial herói a vilão. Ainda no primeiro tempo, furou chute na área. Na metade final, aos 44 e aos 45 minutos, voltou a aparecer negativamente: em um lance limpou a zaga e bateu para fora, da marca do pênalti. No outro, após tentar marcar de carrinho, parou no goleiro. 

Que fase, Uruguai...

Dois lances explicam o que foi o Uruguai na partida: no primeiro, por volta dos 15 minutos do primeiro tempo, Edinson Cavani recebeu bola na área, uma escorada de cabeça de González. Livre, o craque fez pose, preparou a bomba e... furou feio. Pouco mais tarde, aos 29, o lateral Maxi Pereira conduzia a redonda sozinho pela ponta quando tropeçou no gramado e caiu de "de maduro". A seleção celeste não se encontrou em campo.

E olha que Maxi Pereira estava em dia de festa. Com o confronto desta quinta, tornou-se o jogador a mais vezes defender a camisa do Uruguai na história: 113 jogos. O time dele, o português Porto, o parabenizou nas redes sociais.

O hino uruguaio, enfim

Antes da partida, com os jogadores enfileirados perto da lateral do campo, foi ouvido o hino do Uruguai – fato que só é destacável devido à gafe cometida pela organização da Copa América Centenário na rodada de estreia. Em jogo da celeste na Flórida, contra o México, no último domingo (5), tocaram o hino do Chile como se fosse o uruguaio. O caso provocou indignação na delegação da equipe. E o acerto, desta vez, foi "comemorado" no Twitter, além de ter sido cantado com emoção pela maioria nas arquibancadas. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos