Em meio ao caos, França elege Pogba como salvador da pátria

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

  • Reprodução

    Pogba é a atração do noticiário francês nesta sexta, dia de pontapé da Euro

    Pogba é a atração do noticiário francês nesta sexta, dia de pontapé da Euro

Uma nação amedrontada, com constantes greves e manifestações. E o futebol como o momento de paz, diversão. O roteiro começa neste sexta-feira com o primeiro dia de Eurocopa 2016 na França e já tem o herói eleito: o meio campo Paul Pogba.  

O jogador da Juventus é quem toma conta das capas de jornais na França no dia da estreia contra a Romênia no estádio Saint Denis, às 16h (de Brasília). A missão do salvador da pátria é a de" devolver o "sorriso ao povo", como destaca a frase no jornal de maior circulação no país, o "Le Monde".

"A Eurocopa começa na França em meio aos protestos sociais", destaca a manchete principal do jornal, explicando a greve do sistema de transporte, como trens, metrôs, ônibus e até aviões, e a manifestações programadas.

Reprodução

"Refaça a história", diz a capa do jornal esportivo "L'Equipe" com a foto de Pogba.

A publicação cita que os jogadores que foram heróis franceses nos outros dois títulos conquistados em casa. No caso, Platini na Eurocopa de 84 e Zidane na Copa do Mundo de 98.

O jornal Le Parisien é outro que elege Pogba nas manchetes sobre o início da Eurocopa. A publicação fala sobre missão do jogador: Pogba é capaz de fazer a França se acalmar", endossa.

Com tanta responsabilidade, o craque francês foi justamente o selecionado para a entrevista na véspera da estreia. As perguntas sobre o heroísmo atribuído foram constantes.

"Quando eu tinha 5 anos, vi Zidane e a França colocar o sorriso no rosto de todos os franceses (título da Copa do Mundo de 98). É isso que nos move nessa Eurocopa", comentou o meio campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos