Kelvin sente incômodo na coxa e pode desfalcar o São Paulo contra o Vitória

Do UOL, em São Paulo

O atacante Kelvin deixou o gramado do Morumbi neste sábado reclamando de um incômodo na coxa e virou uma preocupação para o técnico Edgardo Bauza.

Titular com técnico argentino, o atacante revelou, em entrevista à "ESPN Brasil", que já vinha sentindo o problema nas últimas partidas, mas hoje chegou a um ponto insuportável.

"Eu senti uma dor na coxa que já vinha sentindo um tempo atrás. Hoje foi mais forte, me impediu de continuar e pedi pra sair. Fiquei com medo de ser algo mais grave. Vou fazer um exame amanhã, ver o tratamento pra ver o que é, mas me impediu de ficar na partida", explicou Kelvin.

Ainda segundo o atacante, que teve boa atuação enquanto esteve em campo e chegou a colocar uma bola na trave, a confiança passada pelo técnico argentino foi primordial para que ele recuperasse o bom futebol.

"Não basta só o jogador ter confiança, alguém tem que ter nele. O treinador tem tido isso em mim. Desde que cheguei, ele viu que eu podia ajudar a equipe, mas me segurou um pouco para eu entrar em forma. Entrei em campo para ajudar. Tentei ajudar no Palmeiras, mas aqui é diferente, o treinador me trata diferente e me dá confiança. Entro como se fosse minha primeira oportunidade, para ajudar o clube e ajuda-lo", salientou Kelvin.

Por fim, o atacante quer que o São Paulo recupere os pontos perdidos já na próxima quarta-feira (15), quando o clube tricolor irá enfrentar o Vitória, novamente no Morumbi.

"Jogamos bem, mas não conseguimos o resultado, então não vale de nada. Vamos sentir os pontos perdidos só lá na frente. Agora é focar que quarta-feira tem jogo importante aqui em casa", concluiu o atacante. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos