Após violência, França proíbe venda de cerveja em bares e pontos de torcida

João Henrique Marques

Do UOL, em Lyon

  • Kai Pfaffenbach / REUTERS

    Briga na arquibancada em Marselha, durante jogo da Inglaterra contra a Rússia, pela Eurocopa

    Briga na arquibancada em Marselha, durante jogo da Inglaterra contra a Rússia, pela Eurocopa

O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, anunciou neste domingo a suspensão da venda de cerveja em bares e pontos de torcida nas cidades que sediam a Eurocopa 2016. O anúncio ocorre após a violência tomar conta de Marselha antes do jogo entre Inglaterra e Rússia.

A medida vale para pontos considerados como "sensíveis" de acordo com o ministro. Com isso, todas as zonas de torcedores criadas pela UEFA estão  temporariamente proibidas de apresentarem barracas com venda de cerveja.

Daniel Dal Zennaro/ANSA/AP
A cidade de Marselha, na França, foi palco de guerra entre torcedores de Inglaterra e Rússia por três dias. O balanço de mais de 40 feridos, sendo dois em estado grave, mancha a Eurocopa 2016. Os confrontos se estenderam para dentro do estádio Vélodrome e podem até gerar punições para as seleções.
"Pedi aos prefeitos para tomar todas as medidas necessárias para proibir a venda e transporte de bebida alcoólicas em áreas sensíveis e em fan zones", disse Cazeneuve de acordo com o jornal francês Le Monde.

"Essa medida vai afetar o domínio publico, lojas e locais de venda de álcool", complementou.

Bebidas alcoólicas já não são permitidas pela UEFA nos estádios desde a edição passada da Eurocopa em 2012. Por lá, a patrocinadora da competição vende cerveja com dosagem alcoólica de 0,5%, o limite máximo permitido para a denominação "cerveja sem álcool".  

A ameaça da UEFA

A Uefa informou que Inglaterra e Rússia poderão ser excluídas da Eurocopa caso os torcedores dos dois países sigam causando desordem durante o torneio que está sendo realizado na França.

A entidade também abriu procedimento disciplinar contra a Federação Russa de Futebol pelo distúrbio ocorrido no sábado, depois do empate entre Rússia e Inglaterra por 1 a 1.

Após o apito final, torcedores russos avançaram sobre fãs da seleção inglesa, gerando desordem na arquibancada. No interior do estádio foram encontrados sinalizadores com a torcida russa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos