Monitorado no Corinthians, peruano que fez gol de mão quer voltar ao Brasil

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

O atacante peruano Raúl Ruidíaz, 25 anos, deseja retornar ao futebol brasileiro após marcar, com a ajuda da mão, o gol que eliminou o Brasil da Copa América. 

Nos últimos dias, os empresários de Ruidíaz têm feito contatos com representantes no Brasil para tentar viabilizar uma transferência para o próximo semestre. Nesse contexto, o nome do atacante peruano chegou à mesa do Corinthians, que deu início a um processo de avaliação interna, e do América-MG, que procura reforços e demonstrou interesse. 

O estafe de Ruidíaz acredita não apenas na questão econômica para trabalhar uma transferência para o Brasil, mas nas possibilidades de ele crescer como jogador caso se mude do Universitario-PER. Com 1,69 m, o atacante sofre dificuldades físicas e há o entendimento de que, no futebol brasileiro, a chance de ter uma melhor infraestrutura e comissão técnica à disposição permitiria ascender na carreira. 

A princípio, Ruidíaz não se enquadra no perfil de reforço buscado pelo Corinthians. A ideia de Tite e da direção corintiana é encontrar um centroavante que tenha as características físicas, justamente, como um diferencial além da parte técnica. 

Raúl RuiDíaz teve passagem pouco expressiva pelo Coritiba, há quatro temporadas, após chegar sendo chamado de "Messi peruano". Disputou oito jogos no Brasileirão 2012 e não marcou nenhum gol. Já no início do ano seguinte, passou mais quatro partidas em branco e pediu para ser negociado em razão de questões pessoais. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos