Após ameaça da Uefa, torcedores russos e ingleses brigam nas ruas de Lille

Do UOL, em São Paulo

Torcedores russos e ingleses brigaram nas ruas de Lille, cidade no Norte da França, nesta terça-feira (14). O confronto ocorreu mesmo após advertência da Uefa à Russia devido ao comportamento violento de alguns torcedores no país.

A Uefa ameaçou a Rússia de eliminação da Eurocopa caso os confrontos entre torcedores se repetissem nos palcos dos jogos, como ocorreu na partida entre Inglaterra e Rússia, no último sábado (14), em Marselha, na estreia das seleções na competição. Além disso, multou os russos em 150 mil euros (R$ 522,5 mil).

Segundo o Daily Mail, testemunhas relataram que torcedores russos teriam provocado os torcedores ingleses, que responderam arremessando cadeiras dos bares de Lille. Ao menos um deles se feriu, saiu carregado e recebeu atendimento médico.

AFP PHOTO / LEON NEAL

Houve também confronto físico e os ânimos se acalmaram somente após a chegada da polícia francesa. Ainda segundo a publicação inglesa, as forças de segurança locais já estariam preparadas para um possível encontro dos torcedores russos e ingleses, uma vez que a seleções jogam na segunda rodada do grupo B em cidades que distam apenas 23 km entre si.

A Rússia enfrentará a Eslováquia na quarta-feira (15) em Lille, enquanto a Inglaterra jogará contra o País de Gales no dia seguinte em Lens.

REUTERS/Pascal Rossignol

Torcedores russos são deportados

A advertência somada à ameaça da Uefa aconteceu no mesmo dia em que o primeiro-ministro da França, Manuel Valls, anunciou que 50 torcedores serão deportados da França após confrontos violentos no início da Euro 2016. O político justificou a medida dizendo que os torcedores "serão deportados porque algumas pessoas não podem ficar em território nacional", disse. 

Antes do anúncio da Uefa, o porta-voz russo Dmitry Peskov havia lamentado os fatos. "A lei foi violada pelos torcedores de vários países, que foram para Marselha e outros lugares. É absolutamente inaceitável e nós esperamos que os cidadãos russos respeitem as leis do país. Infelizmente muitos torcedores participaram da confusão, lamentavelmente, russos estão inclusos", disse. 

Mais cedo nesta terça, a polícia francesa rendeu 50 torcedores russos que iam para Lille. Entre os torcedores que estão sob custódia da polícia e devem ser deportados está Alexander Shprygin, um dos coordenadores da torcida russa.

Segundo Alexander, a polícia francesa está deportando "as pessoas erradas". "Eles querem deportar quase 50 pessoas, incluindo mulheres, que não participaram de nada. A polícia está fazendo isso por conta dos erros que cometeram três dias atrás. Nós estávamos indo para Lille, na cidade de Cannes, e eles bloquearam a estrada com policiais armados. Não vamos a lugar algum por enquanto e estamos esperando a embaixada russa", afirmou ao Daily Mail.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos