França vai deportar torcedores da Euro. Rússia pede bom comportamento

Julien Pretot e Maria Tsvetkova

Da Reuters, em Paris (França)

O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, disse nesta terça-feira que alguns torcedores serão deportados da França após confrontos violentos no início da Euro 2016. Jornais internacionais apontam que o número de torcedores que vão deixar a França por conta das confusões chega a 50. 

Alguns torcedores "serão deportados porque algumas pessoas não podem ficar em território nacional", disse.

A polícia francesa iniciou nesta terça-feira uma operação contra hooligans na cidade de Mandelieu, perto de Cannes, após verificar a identidade de 29 torcedores russos suspeitos de envolvimento em confrontos antes da partida entre Rússia e Inglaterra em Marselha.

Separadamente, o Kremlin informou nesta terça-feira que autoridades esportivas e grupos devem usar suas influências para garantir o bom comportamento de torcedores na França.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos