'Gerência dupla', WhatsApp e técnico. A confusa chegada de Mozer ao Fla

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Mozer foi apresentado aos jogadores pelos diretores Fred Luz e Rodrigo Caetano

    Mozer foi apresentado aos jogadores pelos diretores Fred Luz e Rodrigo Caetano

Ex-zagueiro e campeão do mundo pelo Flamengo, Mozer iniciou o trabalho como gerente de futebol do clube. Ele foi apresentado nesta terça-feira (14) pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello e pelo diretor Rodrigo Caetano. O discurso adotado pelo novo contratado da gestão foi o de uma espécie de "gerência dupla" com o executivo.

"É um motivo de orgulho retornar. Cheguei aqui aos 15 anos e tive todo o aprendizado no Flamengo. Somei muito na Europa e a ideia é a de partilhar essa gerência com o Rodrigo Caetano. Existe acúmulo de trabalho e uma pessoa só não é suficiente. O tempo é curto. Vamos dividir funções", afirmou.

"O Rodrigo vai me ensinar sobre a questão administrativa e podemos partilhar para fazer um bom trabalho", completou.

A ideia para a contratação de Mozer, que fixou vida em Portugal, nasceu em um grupo de torcedores no aplicativo WhatsApp, conforme informou o Blog do PVC no UOL. Questionado sobre o tema, o presidente Eduardo Bandeira de Mello negou o ocorrido.

"Vamos deixar uma coisa bem clara. É um absurdo imaginar que o Flamengo vai contratar alguém por causa de grupo de WhatsApp. Do Bochecha ou sei lá quem. Muitos foram entrevistados, conversamos com quatro, cinco, seis possíveis candidatos. Mozer talvez seja o mais conhecido. É campeão do mundo", garantiu.

No fim, o novo gerente de futebol e o comandante do clube "bateram cabeça" com relação ao tema técnico. A diretoria já definiu que o Flamengo terá um novo treinador para substituir Muricy Ramalho. Reinaldo Rueda, Marcelo Gallardo e Abel Braga estão na mesa de negociações. De início, Mozer referendou Zé Ricardo.

"Não sei se ele é interino. O presidente é que decide. Eu nunca ouvi falar que ele estaria como interino. O que vejo é a confiança que a direção transmite. O treinador do Flamengo se chama Zé Ricardo", disse.

Perguntado se bancava o interino, Bandeira não o fez. "Essa questão da adjetivação do treinador, se é interino ou permanente, é o que menos importa. Zé Ricardo vem fazendo um excelente trabalho. Não quero assumir algum tipo de posição definitiva. Hoje, o treinador é o Zé Ricardo", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos