Se eu fosse o Tite? Blogueiros dizem se escolheriam Corinthians ou seleção

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Tite ainda não anunciou se escolherá Corinthians ou seleção brasileira

    Tite ainda não anunciou se escolherá Corinthians ou seleção brasileira

Permanecer no Corinthians ou aceitar o convite para treinar a seleção brasileira? A resposta de Tite saiu (ele vai trabalhar para a CBF), mas a convite do UOL Esporte, nossos blogueiros deram suas opiniões sobre o que fariam se fossem o treinador. E a 'briga' foi bastante acirrada. Veja as opiniões:

André Rocha

Corinthians. Está claro que Del Nero só quer um escudo, agora que está no desespero. Se confiasse e acreditasse teria contratado depois da Copa de 2014. Mas preferiu a decisão política. Se juntar à CBF agora é manchar seu currículo.

Avallone

Eu pegaria a seleção, como plano de carreira. Por quê? No Corinthians, ele já fez quase tudo que poderia. Na primeira passagem, ganhou o Mundial contra o Chelsea, Libertadores contra o Boca... Aí tirou um ano sabático, voltou e foi campeão brasileiro. Para ele, hoje, no Corinthians, é um recomeço, o que não é fácil, remontar todo time de novo. E recomeço por recomeço, melhor dirigir a seleção que, por méritos, ele é o que mais tem condições de assumir a seleção. É o cara que reúne méritos pra a seleção. Agora... o Tite vai dar certo? Não sei. Tem chance de dar. Mas tem mais chance de dar em médio prazo, como tempo para montar o time.

Juca Kfouri

Jamais escolheria a seleção. Por pior que seja o ambiente nos clubes, o na CBF é irrespirável. Trabalhar lá é ser cúmplice da estrutura que afoga o futebol brasileiro, além do risco de ser vigiado 24 horas por dia, coisa que se seu presidente fez até com a namorada, imagine o que fará com alguém que, seis meses atrás, exigiu sua renúncia num manifesto com mais de 100 assinaturas.

Mauro Beting

Seleção. Não é exército, pode dizer não. Mas para aquele guri de Caxias, e para qualquer criança, adulto e profissional, é um sonho. E ele é o mais preparado.

Ele assinou o manifesto contra Marco Polo tanto quanto eu. E eu também trabalhei para a CBF, como curador do Museu da entidade, em 2014. Ele vai servir a seleção. Como eu também, na minha ínfima parte. Nem sempre trabalhamos com quem queremos. E alguém precisa fazer esse serviço.

Menon

Escolheria o Corinthians. Fica feio esquecer o que falou. E Tite pediu a renúncia de Del Nero há seis meses.

PVC

A seleção. Porque é seu sonho. Mesmo sem confiar nos dirigentes, é possível subir no cavalo que está passando encilhado à sua frente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos