Estrelas passam em branco e grandes provam força na 1ª rodada da Euro

Do UOL, em São Paulo

Começa nesta quarta-feira (15) a segunda rodada da fase de grupos da Eurocopa. Até então, nos primeiros confrontos da competição, as grandes estrelas presentes na França passaram em branco – é o caso de Ibrahimovic, Lewandowski e Cristiano Ronaldo, por exemplo.

No mais, grandes seleções que chegaram a Eurocopa desacreditadas, como as campeãs mundiais Itália e Espanha, provaram o peso de suas camisas ao vencerem jogos difíceis. Ainda teve vitória surpreendente da Hungria no clássico contra Áustria e empate da Rússia contra a Inglaterra em "batalha campal". Relembre o que houve de melhor na primeira rodada da Eurocopa.

Craques passam em branco

Julian Finney/Getty Images

Os três principais atacantes da Eurocopa passaram em branco na primeira rodada da competição. Cristiano Ronaldo sofreu com a marcação no empate por 1 a 1 contra a Islândia, Lewandowski não balançou as redes na vitória da Polônia por 1 a 0 sobre a Irlanda do Norte e Ibrahimovic até construiu a jogada do gol de empate da Suécia por 1 a 1 contra a Irlanda, mas também não encontrou as redes. Para completar a rodada aquém do esperado das grandes estrelas da Eurocopa, Rooney também passou em branco no empate por 1 a 1 da Inglaterra com a Rússia.

Quando a camisa pesa

Max Rossi / REUTERS

Itália e Espanha chegaram desacreditadas na Eurocopa. A seleção tetracampeão mundial desembarcou na França com o rótulo de um dos piores elencos da história da Azzuri. E os atuais bicampeões europeus haviam perdido amistoso para a Geórgia, apenas 137ª colocada no ranking da Fifa, antes da estreia na Euro. Mas mostraram por que estão no grupo das maiores seleções do mundo. A Itália passou por 2 a 0 da badalada Bélgica de Hazard e De Bruyne. Enquanto a Espanha superou partidaça de Peter Cech e passou por 1 a 0 pela República Tcheca com gol de Piqué no finzinho.

Inglaterra empata jogo marcado por 'batalha campal'

REUTERS/Eddie Keogh Livepic

A Inglaterra esteve muito próxima da vitória na primeira rodada da Eurocopa, mas tomou empate no finzinho da Rússia. Mas a partida em Marselha ficou marcada mesmo por verdadeira batalha campal entre os torcedores das duas seleções momentos antes da partida. Os russos, inclusive, foram multados pela Uefa em 150 mil euros e ameaçados de expulsão da competição caso cenas de violências voltassem a se repetir nos palcos dos jogos. Alguns deles, presos, foram deportados.

Vitória na Euro meio século depois

Zoltan Balogh/MTI via AP

O clássico Áustria x Hungria é um dos confrontos que mais se repetiu ao longo da história das seleções, com mais de 100 jogos disputados. Os dois países, inclusive, formaram o Império Austro-Húngaro, dissolvido após derrota na primeira guerra mundial. Favorita no duelo pela Euro, a Áustria, cuja principal estrela é Alaba, do Bayern de Munique, perdeu por 2 a 0 para a Hungria. Foi apenas a segunda vitória dos húngaros na história da competição – a primeira acontecera em 1964, por 3 a 1 sobre a Dinamarca, portanto há 52 anos. E a festa rolou solta no centro de Budapeste...

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos