Jornal: DIS recusou R$ 11,6 mi do Barça para encerrar processo sobre Neymar

Do UOL, em São Paulo

  • ALBERT GEA / REUTERS

    Neymar apresentado no Barcelona em 2013: transferência é motivo de briga judicial

    Neymar apresentado no Barcelona em 2013: transferência é motivo de briga judicial

De acordo com o jornal AS, o grupo DIS recusou uma oferta de 3 milhões de euros (cerca de R$ 11,6 milhões) do Barcelona para encerrar o processo contra o clube catalão pela transferência de Neymar, concretizada em 2013.

O fundo de investimentos, que possuía 40% dos direitos econômicos de Neymar quando ele foi vendido ao Barça, acusa o time espanhol, o Santos, o jogador e sua família de fraude. Na Justiça, o DIS cobra uma indenização de mais de 30 milhões de euros (R$ 116 milhões).

O grupo pertencente ao empresário Delcir Sonda recebeu pouco mais de 6 milhões de euros pela negociação, equivalentes a 40% dos 17 milhões de euros pagos pelo Barcelona diretamente ao Santos por Neymar. Porém, o clube espanhol admitiu depois que o valor total da transação foi na casa dos 86,2 milhões de euros.

Na última quarta-feira, advogados do grupo DIS pediram à Audiência Nacional espanhola (órgão equivalente ao Ministério Público) que abra processo contra Neymar, seus pais, o Barcelona, o Santos, o ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell e o atual mandatário Josep María Bartomeu, por fraude e corrupção na contratação do jogador.

O DIS considera que Bartomeu é o responsável principal pela fraude por haver assinado a maioria dos contratos entre as partes na época da transferência, em 2013, quando era vice-presidente esportivo do Barça. Segundo o jornal Marca, o juiz deve decidir sobre o pedido nas próximas semanas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos