Palmeiras é notificado, e Alecsandro está suspenso preventivamente

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Julia Chequer/Folhapress

    Alecsandro está suspenso preventivamente por 30 dias

    Alecsandro está suspenso preventivamente por 30 dias

A suspensão preventiva de 30 dias para Alecsandro, agora, está estabelecida. Na noite desta quinta-feira, o Palmeiras foi notificado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), que recebeu o parecer horas antes, sobre o resultado da contraprova do exame antidoping do atacante Alecsandro, flagrado pelo uso de agentes anabólicos.

Os advogados de Alecsandro e do clube têm cinco dias para apresentar a defesa ao Tribunal de Justiça Desportiva-SP. Os 30 dias preventivos servem para o TJD-SP organizar o julgamento do caso de doping.

Ainda não há uma data para o centroavante palmeirense ser julgado pelo tribunal. 

A prova fora divulgada oito dias atrás e apontou positivo para a substância O-Dephenylandarine, metabólito do Andarine, um agente anabólico que pode interferir na potência muscular até como ser usado para combater a calvice.

O teste foi realizado após o jogo entre Palmeiras e Corinthians, dia 03 de abril, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Na ocasião, o clube alviverde venceu por 1 a 0, gol do atacante Dudu, e Alecsandro atuou como titular durante toda a partida.

O exame de contraprova do jogador ocorreu na última sexta-feira, em um laboratório de Los Angeles, nos Estados Unidos. O resultado acabou encaminhado à Federação Paulista de Futebol na noite da última quarta-feira.

Sem a oficialização do resultado da contraprova até o início da noite desta quinta, o Palmeiras optou pela cautela e retirou Alecsandro da lista dos relacionados para o jogo contra o Coritiba na última quarta - empate por 2 a 2. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos