Topo

Futebol


Por que Liverpool e Manchester abandonaram a disputa por Gabriel Jesus

Cesar Greco/Ag Palmeiras
Gabriel Jesus chama a atenção de olheiros de grandes clubes da Europa Imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras

Dassler Marques e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

2016-06-16T12:00:00

16/06/2016 12h00

Um dos nomes brasileiros mais especulados no mercado europeu, Gabriel Jesus convive com sondagens oficiais de Bayern de Munique e Juventus. Entretanto, o interesse pelo atacante não se resume a alemães e italianos. Outros dois clubes da Inglaterra receberam indicações do atleta, mas rapidamente desistiram de disputar o concorrido atacante palmeirense.

Manchester United e Liverpool inseriram Gabriel Jesus em seus radares. No entanto, antes de qualquer direto com os empresários do atacante de apenas 19 anos, os dois mais vitoriosos clubes da Inglaterra vetaram entrar na briga pela contratação.

De acordo com apuração do UOL Esporte com fontes ligadas aos dois clubes, United e Liverpool abdicaram das negociações por motivos distintos. Um ligado a motivos esportivo e outro em relação a uma sugestão não cumprida por parte da ‘direção’.

Donos de três brasileiros no elenco (Lucas Leiva, Roberto Firmino e Philippe Coutinho), o Liverpool interrompeu qualquer ação por Gabriel Jesus por conta do fracasso na última temporada.

Sem competições continentais em 2017 (Champions League e Liga Europa) e fora da cláusula de ‘desconto’ pelo jogador, o Liverpool se vê em uma concorrência desleal, apesar de tratar o nome de Gabriel Jesus como alguém que ‘agrade’ e tenha futuro.

Em relação ao Manchester United, um dos cinco times presentes no item do contrato que reduz a exigência palmeirense sobre os direitos do jogador – de 40 milhões de euros (R$ 156 mi) para 24 mi (R$ 93 mi)  -, a diretoria se mostrou relutante.

Olheiros do clube que será comandado por José Mourinho a partir deste segundo semestre recomendaram o atacante palmeirense. Contudo, a diretoria, que ainda se via sob a indefinição do substituto de Louis Van Gaal, vetou qualquer procura mais aprofundada pelo palmeirense por achar o preço abusivo.

Com o United vetado restam quatro clubes da lista preferencial da revelação palmeirense. Além dos Diabos Vermelhos, Bayern (já interessado), Barcelona, Real Madrid e Paris Saint-Germain possuem a garantia de adquirir o atleta por 24 milhões de euros.

O Palmeiras, no entanto, garante que Gabriel Jesus segue no clube pelo menos até o final do ano. O técnico Cuca veio a público na semana passada garantir a permanência de todo o elenco. “A diretoria me passou que ninguém sai”, declarou antes da vitória no dérbi contra o Corinthians.

 

Mais Futebol