Roger se reúne com Grêmio e rejeita oferta tentadora do Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    O técnico Roger comanda treino do Grêmio

    O técnico Roger comanda treino do Grêmio

O treinador gremista Roger Machado se reuniu na manhã desta quinta-feira (16) com o Grêmio para comunicar que havia recusado uma grande proposta do Corinthians para substituir Tite. A informação foi confirmada por fontes ligadas à direção corintiana e ao técnico.

Indicado por Tite, de quem foi jogador no Grêmio, Roger teve oferta de dois anos de contrato e um salário mensal de R$ 500 mil, o que é cerca do dobro do atualmente pago no Grêmio. Além disso, a direção corintiana pagaria a multa rescisória do treinador em R$ 1,5 milhão. Entretanto, Roger optou por dar sequência no trabalho gremista - neste ano, ele também disse 'não' ao Cruzeiro e ao Atlético-MG. 

O contato foi feito durante a noite de quarta-feira entre Alessandro Nunes, novo gerente de futebol, e os representantes de Roger, que comunicou o Grêmio nesta manhã de quinta. 

Consultado pelo Corinthians sobre quem via como possíveis substitutos, Tite citou ao menos dois nomes: Roger, de quem a direção corintiana recebeu 'não', e Dorival Júnior, do Santos. Pelo comandante santista, até o momento, nenhuma proposta foi feita. Eduardo Baptista, da Ponte Preta, foi sondado mas disse que gostaria de permanecer em seu clube atual. 

O Corinthians tem definido que gostaria de contratar um treinador jovem, característica que se aplica aos que já foram procurados. Um dos nomes defendidos internamente é o de Sylvinho. Já o presidente corintiano Roberto de Andrade tem admiração por Oswaldo de Oliveira, do Sport, que foi campeão mundial em 2000 no Parque São Jorge. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos