Gol, filho patriota e apoio governamental. Piqué muda a imagem na Espanha

João Henrique Marques

Do UOL, em Nice

  • AP

    Gerard Piqué celebra vitíoria da Espanha contra a República Tcheca na Eurocopa

    Gerard Piqué celebra vitíoria da Espanha contra a República Tcheca na Eurocopa

Imagina ser vaiado a cada toque na boa pelos torcedores de sua própria seleção? É o que aconteceu com Gerard Piqué na estreia da Espanha na Eurocopa. De lá pra cá, o cenário mudou com o gol da vitória contra a República Tcheca por 1 a 0, a imagem do filho com a camisa da Fúria e até o apoio do primeiro-ministro do país, Mariano Rajoy. O zagueiro vai estar em paz contra a Turquia, nesta sexta-feira, às 17h (de Brasília), em Nice, no sul da França.

A rusga de Piqué com a torcida espanhola é quase toda explicada pela rivalidade entre Barcelona e Real Madrid. Com estilo provocador, o zagueiro do Barça goza dos tropeços do rival frequentemente. A imagem ruim também tem cunho político pelo fato de ser defensor do separatismo da Catalunha e crítico à pátria, desagradando outra parte da torcida.

"Na Espanha, a grande maioria é torcedora do Real Madrid, mesmo em outros estados. O Piqué é o ponto máximo dessa rivalidade, mas essa semana ele ganhou respeito. Pelo futebol e gestos. Acredito acho que serão vaias quase que silenciosas˜, contou Javier Estepa, repórter do diário esportivo madrileno Marca.

A luta de Piqué para agradar o povo da capital começou antes mesmo da Eurocopa ao declarar sentir-se honrado em defender a Espanha. Não adiantou. As vaias seguiram.

A mudança começou a partir do momento que o elenco espanhol resolveu se fechar em torno de Piqué. O ídolo do Real Madrid, Sergio Ramos, contou detalhes do comportamento do zagueiro do Barça na concentração e pediu o apoio dos fãs. Aos poucos, o respeito foi nascendo. No entanto, o gol foi vital.

AP


"Obrigado, Piqué", exibiu a emblemática capa do jornal esportivo AS, de editorial assumidamente pró-Real Madrid.

Após a vitória contra a República Tcheca, Piqué fez questão de voltar ao campo de jogo acompanhado do filho Milan, de 3 anos. O garoto apareceu com a camisa da Espanha, aumentando ainda mais o prestígio do zagueiro.

"Eu estou muito feliz com o gol marcado. Dedico ao meu filho que assistiu o jogo da arquibancada com a camisa da Espanha", comentou Piqué fazendo questão de destacar o uniforme.

A atitude de Piqué gerou comoção em Mariano Rajoy, presidente do governo da Espanha (uma espécie de primeiro-ministro do país escolhido pela monarquia). Adepto de redes sociais, ele comentou a vitória da Fúria usando o tema mais comentado no país na semana: Piqué.

"Grande Piqué! Merecida a vitória e merecido o gol. Siga assim. Gostei muito de ver seu filho com a camisa da seleção nacional", escreveu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos