Técnico da Croácia detona torcedores: "Hooligans, terroristas e nazistas"

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Kai Pfaffenbach

    Jogo foi interrompido aos 42' do 2º tempo devido a "chuva de sinalizadores"

    Jogo foi interrompido aos 42' do 2º tempo devido a "chuva de sinalizadores"

O técnico croata Ante Cacic não poupou críticas aos próprios torcedores que atiraram sinalizadores no gramado no empate por 2 a 2 entre a Croácia e República Tcheca, nesta sexta-feira (17), pela segundada rodada do grupo D da Eurocopa.

"Eu chamo isso de terrorismo. Eu chamo eles de hooligans. Eles não são torcedores", disparou Cacic após a partida em Saint-Etienne.

"Isso já aconteceu em um jogo contra a Itália, em Milão. São hooligans nazistas, com cantos nazistas, que arruínam tudo. Provavelmente tem suporte de alguém, não sei de quem...", acrescentou o técnico da seleção.

"Tenho certeza que pelo menos 95% dos torcedores da Croácia estão envergonhados do que viram aqui. Os jogadores estão decepcionados, pois sentem orgulho em vestir a camisa da Croácia, jogam pelo povo, mas estão decepcionados com esse comportamento", disse Cacic.

Após o término da partida, a Uefa confirmou que abrirá processo disciplinar contra a Croácia para apurar os incidentes, após analisar a súmula do árbitro Mark Clattenburg com mais detalhes.

O jogo desta setxa foi interrompido aos 42 minutos do segundo tempo devido a vários sinalizadores que foram arremessados pela torcida croata no gramado. Um dos projéteis estourou na mão de um dos "stewards", seguranças que ficam à beira do campo, quando ele tentava recolhê-lo. Mas o segurança deixou o gramado caminhando, aparentando passar bem.

No momento da interrupção, a torcida croata também gerou confusão e correria nas cadeiras do estádio Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne. Após cerca de cinco minutos, o jogo foi retomado.

Com a bola rolando, a Croácia deu a entender que teria uma das vitórias mais tranquilas da Eurocopa até aqui, após abrir 2 a 0 com gols de Rakitic e Perisic. Mas a República Tcheca diminuiu com Skoda aos 30 minutos do segundo tempo e, após a paralisação por causa dos sinalizadores, chegou ao empate aos 47 em cobrança de pênalti de Necid para consolidar a reviravolta.

Com o resultado, a Croácia, que chegou a abrir 2 a 0 na partida, lidera o grupo com 4 pontos. A Espanha, que ainda joga nesta sexta contra a zerada Turquia, tem três e vem logo atrás. Enquanto a República Tcheca chegou ao seu primeiro ponto no pote.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos