Messi marca contra Venezuela e se iguala como maior artilheiro da Argentina

Do UOL, em São Paulo

  • Winslow Townson-USA TODAY Sports

Ao marcar contra a Venezuela, nas quartas de final da Copa América Centenário, nos EUA, Lionel Messi entrou de vez para a história da seleção argentina. Neste sábado (18), o atacante igualou Gabriel Batistuta como maior artilheiro da Argentina, com 54 gols.

"Sinto-me feliz por ter igualado o recorde de Batistuta, mas a cabeça está focada em conquistar a Copa América", afirmou Messi, depois da partida. "Estamos fazendo as coisas muito bem, estamos crescendo e temos que seguir nesse caminho".

Messi chegou à marca aos 28 anos, enquanto Batistuta levou 33. Apesar disso, o ex-atacante argentino tem dois gols não considerados na conta, anotados em goleada por 6 a 0 contra a Eslováquia, em 1995. A Fifa, no entanto, não considera a partida como jogo amistoso, uma vez que a seleção europeia entrou em campo com time B.

O gol histórico de Messi saiu aos 15 minutos do segundo tempo contra a Venezuela. Messi lançou Gaitán na ponta esquerda, entrou na área em velocidade e recebeu a bola de volta. Na cara do gol, tocou com categoria de bico entre as pernas do goleiro Dani Hernández.

Além do gol, Messi deu duas assistências decisivas na partida. Uma para o gol de Higuaín, que fez dois, e outra no tento de Lamela. Rondón descontou para a Venezuela, que ainda perdeu pênalti com Seijas, reforço do Internacional após a Copa América. No fim das contas, 4 a 1 para a Argentina e vaga na semifinal contra os EUA.

Messi balançou as redes com a camisa da Argentina pela primeira vez em um amistoso contra a Croácia, em 1º de março de 2006. Na ocasião, a seleção argentina venceu por 3 a 2. Desde então, coleciona gols e assistências com a seleção, mas falta-lhe ainda um grande título, que pode vir agora na Copa América Centenário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos