Semana para ser esquecida faz Corinthians buscar novas soluções

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Cássio terá a chance de jogar durante lesão de Walter e reconquistar posição

    Cássio terá a chance de jogar durante lesão de Walter e reconquistar posição

Se já não bastasse perder Tite, o que era uma preocupação há alguns meses, o Corinthians encerra neste sábado uma semana marcada por muitas baixas e que apresentou desafios imediatos para o duelo de domingo contra o Botafogo. 

Felipe se despediu para o Porto-POR e, além dele, quatro jogadores se lesionaram: Cristian (ausente por um mês), Walter (um mês), Danilo (um mês e meio) e Elias (dois meses). A perda do gerente de futebol Edu Gaspar irritou o presidente Roberto de Andrade e causou surpresa. Além dele, Tite levou os auxiliares Cléber Xavier e Matheus Bacchi para a seleção brasileira. 

Sem sucesso na busca por novos treinadores, a responsabilidade pela segunda partida consecutiva estará nas mãos de Fábio Carille, auxiliar há seis temporadas. Apesar da derrota para o Fluminense na quinta-feira, a avaliação corintiana foi positiva sobre o jogo em Brasília. O time teve Yago expulso, dois jogadores lesionados e saiu atrás do placar, mas buscou o empate até o final. Carille admitiu que, na véspera, sentiu o elenco abalado por perder Tite. 

Enquanto o presidente Roberto de Andrade, o gerente de futebol Alessandro e o diretor de futebol Eduardo Ferreira buscam um novo treinador, Carille e o analista de desempenho Fernando Lázaro preparam o Corinthians com muitos desfalques para o jogo em Itaquera. São duas dúvidas: um substituto para a zaga, que tem Pedro Henrique como favorito, e um novo volante, que deve ser Rodriguinho. 

A sorte sorriu, de certa forma, para Cássio. Com a ausência de Walter por um mês, ele ganhou tempo para tentar recuperar o prestígio perdido com a titularidade. Visivelmente mais magro, ele teve desempenho seguro contra o Fluminense e pode ser um estímulo para uma equipe que tenta se reorganizar com tantas perdas.

Não custa nada lembrar: o jogo contra o Botafogo será realizado exatamente sete meses após a conquista do Campeonato Brasileiro. Se não bastasse perder seu treinador e maior ídolo e o principal dirigente do clube, o Corinthians perdeu oito dos 11 titulares daquela equipe - o oitavo é Elias, lesionado. 

A luta por três pontos imprescindíveis para manter o Corinthians atrás de G-4 será com: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos