Palmeiras se mostra 'aberto' a ter novo camisa 9; Jesus ainda sem propostas

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

Por duas vezes na última semana, Cuca cobrou a diretoria do Palmeiras pela chegada de um atacante, o qual viria para suprir a ausência do suspenso Alecsandro, flagrado em exame antidoping. A sugestão do treinador será analisada, e dependerá do mercado para ser aceita. Quem garante é o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos.

Em entrevista concedida na zona mista do Allianz Parque, depois da vitória por 3 a 1 sobre o Santa Cruz, o dirigente palmeirense, embora não tenha se aprofundado mais no assunto, se mostrou 'aberto' para cumprir com o novo pedido do treinador.

"São situações internas. A gente conversa diariamente sobre tudo. Obviamente o Palmeiras está aberto, não pelo problema do Alecsandro. (...) Se aparecer uma oportunidade de mercado, seja atacante ou de outra posição, não tem problema algum", declarou Alexandre Mattos, que usou um exemplo recente para expor a postura do clube.

"Ninguém esperava, e hoje o Róger Guedes é titular. Naquele momento muita gente falava que não havia necessidade, mas todo mundo está vendo que foi uma boa aposta pensando no Palmeiras de agora e no futuro", acrescentou.

Ainda sem negociações em andamento – segundo o próprio diretor -, o Palmeiras contou com uma visita na partida de último sábado. O atacante Leandro Pereira, ex-jogador do clube e atual Club Brugge-BEL, esteve no Allianz Parque e foi identificado por torcedores; nas redes sociais, um grupo pediu a volta do centroavante.

Se não há negócio para reforçar o elenco também inexiste qualquer conversa para uma venda. Ainda na mesma linha, Alexandre Mattos negou qualquer proposta por Gabriel Jesus, alvo de sondagens de grandes equipes europeias como Bayern de Munique e Juventus.

"Nenhuma proposta, nenhuma conversa direta. Se for levar em consideração as ligações pelo Gabriel e por outros jogadores, aí é um caminhão de pessoas dizendo que vai ter isso e aquilo. O Palmeiras não tem nenhuma negociação em andamento, nem para vinda e nem para saída", garantiu o dirigente, que quer cumprir a promessa a Cuca de 'não deixar ninguém sair.'

"O Cuca disse (sobre a permanência de Jesus) baseado no que o empresário falou, no desejo do Gabriel, que já falou para a gente que não quer sair. Fora isso, todo mundo já sabe a história completa. A ideia é a manutenção de todos. A gente nunca sabe o dia de amanhã, nem para saída nem para uma possível chegada", finalizou Mattos.

Gabriel Jesus viu nesta manhã de domingo o seu nome ser envolvido com mais uma grande equipe do futebol europeu. O jornal Sport, da Catalunha, estampa na capa da edição dominical que o Barcelona apresentará uma proposta de 19 milhões de euros pelo jovem atacante palmeirense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos