Manchester City tem projeto para contratar promessa do Grêmio em 2017

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Everton tinha 16 anos e começava a se destacar pelo Fortaleza. Rápido, ágil, com drible fácil e boa conclusão no gol, a fama do jovem atacante se espalhou. Tanto que o Manchester City, da Inglaterra, colocou-o em seu radar. A ideia era contratá-lo imediatamente, mas o plano foi impedido pela legislação. Ele só poderia jogar fora do Brasil após os 18. Hoje no Grêmio, com 20, o crescimento fez os europeus retomarem o projeto de fechar sua contratação. 

O City jamais desistiu de Everton. Como decidiu não contratá-lo, o clube permaneceu observando de longe o crescimento. No Grêmio, ele foi utilizado no principal pela primeira vez em 2014, ainda com 18 anos. Virou alternativa constante no ano passado e ganhou a titularidade neste ano. 
 
A reportagem do UOL Esporte apurou com fontes ligadas ao Manchester City que os ingleses seguem um planejamento. Esperam que Everton se destaque pelo Grêmio no Brasileiro e, ao fim de uma boa temporada, firmar a contratação. A ideia é, se o Tricolor concordar, ter um período de testes nos times inferiores do City, por empréstimo. Neste tempo, o atacante será avaliado pela estafe de Guardiola, que assume o clube na próxima temporada. Não há, contudo, data para isso ou mesmo proposta oficial.
 
Tanto que o ex-diretor executivo de futebol gremista, Rui Costa, foi questionado sobre a condição de Everton quando visitou o City. Demitido após as quedas na Libertadores e no Gauchão, o dirigente resolveu fazer um período de visitas em vários clubes da Europa. Entre eles, esteve no Etihad Staduim e no CT do rival do Manchester United. Lá foi perguntado sobre o crescimento do jogador, com detalhes de quem o monitora atentamente. 
 
Ainda em 2014, o Manchester City enviou olheiros ao Brasil para observar Everton em ação. Em 2015, mais três vezes analistas de desempenho estiveram em Porto Alegre para acompanhar a movimentação do jogador. E uma nova visita aconteceu no começo deste ano.  O crescimento tático do jogador surpreendeu, mas não houve indicativo de oferta imediata. 
 
Enquanto isso, a direção do Grêmio afirma não ter qualquer proposta por Everton. Admite sondagens, apenas, mas por uma série de atletas não entrando especificamente no caso do atacante. O clube deve perder ao menos um jogador na janela de transferências que se avizinha. Os mais cotados são Walace, Luan ou mesmo Marcelo Grohe. Não há a expectativa de venda nem mesmo empréstimo dele. 
 
Everton tem vínculo até 2018 com o clube gaúcho. Tem status de uma das principais promessas do clube e não seria facilmente liberado. Neste ano já disputou 24 partidas e marcou quatro gols. No último domingo, foi responsável pelo cruzamento para o gol de Luan, que abriu o placar contra o Cruzeiro. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos