Fora da final da Copa América, Lavezzi promete apoio extracampo à Argentina

Do UOL, em São Paulo

Veja como foram os gols da Argentina contra os EUA e a lesão de Lavezzi

A Argentina pode ter perdido um de seus principais jogadores nesta terça-feira, mas ganhou um torcedor de peso para a final da Copa América. Ao menos, é o que garante o próprio Ezequiel Lavezzi, que será submetido a cirurgia nos próximos dias para tratar a fratura em seu cotovelo esquerdo.

"Como informou o corpo médico da seleção, tive uma fratura no cotovelo esquerdo e vou ter que ser operado nos próximos dias. Vou perder a final, mas estarei apoiando todos do lado de fora. Vamos, Argentina", escreveu o ponta em sua página do Facebook.

A lesão de Lavezzi ocorreu aos 20 minutos do segundo tempo da goleada por 4 a 0 sobre os Estados Unidos, na semifinal do torneio continental, quando o argentino tentou dominar um lançamento de Otamendi, perdeu a noção de espaço e tropeçou na placa de publicidade do NRG Stadium, em Houston.

A forte queda obrigou o técnico Gerardo Martino a substituir o autor do primeiro gol por Lamela. Vale destacar que o treinador também perdeu dois atletas no confronto: o lateral esquerdo Marcos Rojo e o meia Augusto Fernández, que deixaram o campo com dores musculares.

Em situações diferentes de Lavezzi, já cortado, os dois jogadores ainda serão reavaliados pelo departamento médico e mantêm esperanças de atuar na decisão, cujo adversário sairá do jogo entre Chile e Colômbia.

"Quero agradecer a todos pela preocupação. Foi muito lindo receber tantas mensagens de apoio", disse Lavezzi. Atuante no futebol chinês, o jogador já havia surpreendido ao deixar o gramado sorrindo e brincando com a imprensa. As redes sociais também se divertiram com o estilo pouco usual da lesão, promovendo a hashtag #PrayForPocho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos