Roger sobre possíveis saídas do Grêmio: "Não vamos sofrer por antecipação"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Luan é um dos alvos do mercado europeu no elenco do Grêmio, que não quer vender

    Luan é um dos alvos do mercado europeu no elenco do Grêmio, que não quer vender

A janela de transferências assusta o Grêmio. Enquanto a direção do clube 'prepara' a torcida para possíveis perdas, o técnico Roger Machado prefere não sofrer antecipadamente. Mas ao mesmo tempo reconhece que o mercado europeu deve interferir na escalação de seu time. 

"É muito difícil prever o que vai acontecer na janela. Nossos jogadores, muitos deles, chamam atenção do mercado. E às vezes é difícil resistir à investidas de euros, dólares, libras. É complicado. Mas acredito que consigamos manter o núcleo, e com a base dando condições de ter oportunidade aos mais jovens, com os experientes ajudando, vamos sobrepor qualquer eventual ausência por transferência. Mas não quero pensar assim, não sei o que vai acontecer na próxima rodada, imagina na janela. Não vamos sofrer por antecipação", explicou o técnico gremista. 
 
A direção do Grêmio tem cenários de venda bem claros. O primeiro na lista de possíveis alvos é Walace. Pretendido por uma série de clubes na Europa, o volante chamado por eles de 'Pogba Brasileiro' está avaliado em ao menos R$ 40 milhões. O Grêmio já rejeitou valores próximos a R$ 22,9 milhões. 
 
Luan também é alvo dos melhor condicionados financeiramente. Porém, o Tricolor não pretende fazer esta venda. Aceita começar qualquer conversa a partir dos R$ 100 milhões. Já rejeitou valores que batem na metade disso. 
 
Uma terceira opção de venda é Marcelo Grohe. Pretendido pelo Galatassaray, da Turquia, o camisa 1 tem 100% de seus direitos econômicos ligados ao Grêmio e por isso sua saída soaria melhor aos cofres do clube. No entanto, não há qualquer proposta oficial apresentada no momento. 
 
"A janela vai influenciar muito ainda no campeonato. Há times que não estão tão bem e podem se reforçar e crescer, outros que podem perder seus principais destaques e cair. É muito cedo para qualquer análise, mas ainda temos esta situação para considerar.Há ainda um espaço entre a janela de compra e venda, que também deve ser levado em consideração", completou o treinador. 
 
Em contrapartida, o Grêmio pretende também se reforçar. O comando de futebol não esconde o desejo de contratar um novo zagueiro e corre contra o tempo, até porque os dois titulares estão lesionados e param por ao menos três semanas. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos