Ex-colegas, Tevez e Vidal trocam farpas sobre final da Copa América

Do UOL, em São Paulo

  • EFE/Str

O volante da seleção chilena Arturo Vidal respondeu atravessado à declaração do seu ex-companheiro de Juventus Carlos Tevez. Recentemente, o atual jogador do Boca Juniors disse que a Argentina não tem rival à altura na Copa América Centenário. As seleções farão a final do torneio no próximo domingo (16), nos Estados Unidos. 

"São coisas que as pessoas que não estão aqui não podem falar", disparou, lembrando que Tevez não foi convocado por Tata Martino para a competição. "Como torcedor, ele pode dizer o que quiser, mas a realidade é outra: nós, os jogadores, somos quem entramos em campo e decidimos o que pode acontecer na partida".

E acrescentou, de novo com provocação ao argentino: "Sendo assim, sugiro que assista à partida tranquilo, Carlitos".

Um dos principais jogadores do Chile, Vidal ainda classificou como "uma loucura" a sua seleção ter de defender, já em 2016, o título que conquistou sobre a mesma argentina no ano passado. "Não é justo, jogam outras equipes, é outra coisa", avaliou. A edição dos Estados Unidos, comemorativa pelo centenário do torneio, agregou os times da Concacaf. 

"Todos sabem que a Copa América se joga em 2019, e aí sim teremos de defender a nossa taça". 

O jogador também falou sobre a partida final, e descartou que a derrota para a Argentina na estreia da disputa, por 2 a 1, tenha influência no jogo decisivo.

"Foi o primeiro jogo da Copa e não atuamos muito bem. Eles foram melhores em todos os setores. Mas este confronto é diferente, estamos cheios de confiança, chegamos muito bem. Esperamos fazer um duelo melhor". 

Otimista, Vidal completou: "Quando jogamos da maneira que sabemos, pode se passar o que aconteceu com o México", disse, em referência ao 7 a 0 aplicado pela sua equipe nas quartas de final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos