Volante visita treino do Cruzeiro e revela sonho de voltar ao clube

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Arquivo Pessoal

    Éber, do Marítimo, ao lado de Élber e Antônio, do Cruzeiro

    Éber, do Marítimo, ao lado de Élber e Antônio, do Cruzeiro

A Toca da Raposa II recebeu, na manhã desta sexta-feira (24), a visita de um velho conhecido. Éber Bessa, revelado pelo Cruzeiro, assistiu ao treino comandado por Paulo Bento, aproveitou para rever ex-companheiros e falou sobre um possível retorno ao clube.

Aos 24 anos, ele chegou ao elenco profissional em 2010, a pedido de Cuca. No período em que esteve no time principal, não conseguiu se firmar por problemas particulares. O falecimento do avô, responsável por auxiliá-lo na carreira desde jovem, mexeu com o seu emocional e foi determinante no rendimento dentro de campo.

Durante a visita ao centro de treinamentos do Cruzeiro, o atleta conversou com o UOL Esporte e falou sobre o desejo de retornar à Toca da Raposa II para defender as cores do time que o revelou para o esporte:

"Sim, com certeza (penso em voltar), comecei aqui, tenho o sonho em voltar ao Brasil e jogar no Cruzeiro. Mas isso depende da situação, do Cruzeiro, do Marítimo, de tudo", afirmou.

O meio-campista ainda falou sobre o reencontro com os amigos dos tempos de categorias de base. Alisson, Elber e Mayke, dentre os mais conhecidos, estiveram com ele nas divisões inferiores da agremiação:

"Foi muito bom (o reencontro), a gente começou uma história juntos, todos na base desde 15 anos, quando cheguei ao Cruzeiro. Fico feliz de ver que eles estão bem no clube. A gente brincou muito agora aqui, as viagens da base para a Europa, que o tempo era muito bom. Costumávamos jogar videogame, baralho durante essas viagens (para o exterior). Era tudo muito legal, conhecer outras culturas", comentou.

PASSAGEM PELO MARÍTIMO

Éber chegou ao clube português no início da campanha 2014/2015. Ele fez 16 jogos e marcou dois gols. Nesta temporada, atuou em 39 confrontos - de 42 possíveis - com a camisa do Marítimo. Anotou dois gols pela equipe da Ilha da Madeira e ajudou o clube a chegar à decisão da Taça da Liga de Portugal - na qual foi derrotada pelo Benfica, que também foi campeão nacional.

"Essa temporada, para mim, foi muito boa, joguei bastante jogo, praticamente todos. Foi uma temporada muito bacana lá, a adaptação foi mais tranquila", declarou.

"O clima é parecido com o Brasil, tem muitos brasileiros no time. Futebol é igual praticamente em todo lugar, mas para mim foi mais fácil pelo estilo de jogo", acrescentou.

O volante tem contrato com o Marítimo até 30 de junho de 2018 e já definiu o objetivo para a próxima temporada europeia:

"Eu espero fazer uma ótima temporada, jogar bem, ajudar meu time a ir para a Liga Europa e quem sabe ir para um time maior. E quem sabe voltando ao Brasil", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos