Com "lado da morte", oitavas da Euro abrem caminho para surpresas sonharem

Do UOL, em São Paulo

  • Kai Pfaffenbach/Reuters

    Portugal se classificou na bacia das almas e caiu em lado da chave sem campeões

    Portugal se classificou na bacia das almas e caiu em lado da chave sem campeões

Após uma primeira fase que serviu para eliminar somente as oito piores seleções de um total de 32, a Eurocopa começa neste sábado (25) sua esperada fase de oitavas de final. E o mata-mata terá duas chaves com "pesos" bem diferentes: se de um lado estão todos os cinco campeões europeus e mundiais, do outro aparecem equipes emergentes, mas com menos tradição e que buscam seu primeiro troféu importante.

Os jogos que abrem o primeiro dia de oitavas de final são Suíça x Polônia (10h de Brasília), País de Gales x Irlanda do Norte (13h) e Croácia x Portugal (16h). Todas as seleções estão do mesmo lado da chave, o que não tem nenhum campeão europeu ou mundial, ao lado de Hungria e Bélgica, que se enfrentam no domingo (26).

Sem nenhum "peso-pesado" da história do futebol, o caminho se abre para times como Bélgica e Croácia, que contam com gerações talentosas e em busca da primeira glória de suas seleções. Ou para Portugal e Gales, que podem não ter as melhores equipes da competição, mas contam com astros decisivos como Cristiano Ronaldo e Gareth Bale.

Do outro lado, a situação é totalmente diferente. Alemanha, Itália, Espanha, França e Inglaterra vão batalhar por um lugar na final com Eslováquia, Irlanda e a sensação Islândia. Logo de cara, as oitavas terão um dos duelos mais tradicionais do futebol do continente, entre espanhóis (3 títulos europeus e 1 mundial) e italianos (1 europeu e 4 mundiais).

Ranking evidencia diferença entre as chaves

John Sibley/Reuters
Lado da chave em que está a Alemanha tem vantagem de 30 posições no ranking da Uefa

Não são só a história, o peso da camisa e os títulos do passado que mostram um desequilíbrio entre os dois lados do mata-mata. O ranking da Uefa, usado para definir cabeças de chave e até como critério de desempate na fase de grupos, também mostra que um lado tem um caminho teoricamente mais fácil.

A chave com os campeões mundiais tem cinco seleções no top 10 da Uefa: Alemanha (1), Espanha (2), Inglaterra (3), Itália (6) e França (8). Do outro lado, são só três: Portugal (4), Bélgica (5) e Suíça (10). A soma dos rankings dos países da primeira chave também é 30 posições mais forte: 89 contra 129.

Isso, porém, não quer dizer que haverá jogos mais fracos do lado mais "pobre". Croácia x Portugal, por exemplo, promete ser um dos melhores duelos da Euro, colocando um time técnico e coletivo contra Cristiano Ronaldo, o principal nome individual da competição. Bélgica, Gales e Polônia também tiveram momentos excelentes na primeira fase e sonham alto.

A desigualdade, aliás, só aconteceu porque Inglaterra e Espanha falharam em conquistar a liderança de seus grupos, ficando atrás de Croácia e Gales, respectivamente. Até a final que colocará (provavelmente) um gigante contra uma seleção em busca de seu primeiro troféu relevante, muito bom futebol deve rolar – dos dois lados da chave.

Confira o caminho do mata-mata da Eurocopa

Chave sem campeões

25/06 – 10h – Suíça x Polônia
25/06 – 16h – Croácia x Portugal

25/06 – 13h – País de Gales x Irlanda do Norte
26/06 – 16h – Bélgica x Hungria

Chave com campeões

26/06 – 13h – Alemanha x Eslováquia
27/06 – 13h – Itália x Espanha

26/06 – 10h – França x Irlanda
27/06 – 16h – Inglaterra x Islândia

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos