Dante elogia Felipão, comenta 7 a 1 e explica métodos de Guardiola

Do UOL, em São Paulo

  • Damir Sagolj/REUTERS

A carreira de Dante tem histórias demais para serem contadas. O zagueiro revelado pelo Juventude foi cedo para a Europa, fez história no Bayern de Munique e foi um dos protagonistas de um vexame da seleção brasileira: os 7 a 1 sofridos para a Alemanha na última Copa do Mundo.

Convocado pela primeira vez em 2013, Dante foi titular contra a Inglaterra no Estádio de Wembley. O zagueiro agradece o técnico Luis Felipe Scolari pela oportunidade e não esquece os momentos que antecederam o amistoso. "Ele [Felipão] foi o cara que realizou meu sonho. Ganhou grande respeito da minha parte porque poderia ter convocados outros zagueiros, mas o meu momento era bom no Bayern de Munique e ele viu", lembra o defensor em entrevista à ESPN.

Dante ganhou a confiança de Felipão e se consolidou como reserva imediato da seleção. Quando Thiago Silva foi suspenso na Copa do Mundo, foi ele quem assumiu titularidade contra a Alemanha. "Eu tive a coragem de rever aquele jogo. O que faltou foi uma clareza de nossa parte, para ler a situação e saber o que estava acontecendo", admite.

"Entre as várias características boas que ele tem, acho que o diferencial dele é analisando os adversários. Ele prepara três ou quatro opções diferentes de time durante a semana", revela o zagueiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos