Inter desiste de tentar contratar Nico López: "É impossível"

Do UOL, em Porto Alegre

  • AP Photo/Andre Penner

    Inter ofereceu 3,5 milhões de euros e jogadores por 50% dos direitos de Nico López

    Inter ofereceu 3,5 milhões de euros e jogadores por 50% dos direitos de Nico López

O Internacional está oficialmente fora das tratativas para contratar Nico López. Neste domingo (26), após a derrota para o Botafogo, o caso foi encerrado publicamente. Há dias o clube já tratava internamente como negócio encerrado. O motivo para desistência é o valor exigido pela Udinese-ITA: 12 milhões de euros (R$ 44 milhões na cotação atual).

"É impossível (a contratação de Nico López). Ele custa 12 milhões de euros, nossa proposta foi desconsiderada", disse Vitorio Piffero, presidente do Inter.

O Inter ofereceu 3,5 milhões de euros (R$ 13 milhões) e mais parceria envolvendo jovens jogadores para adquirir 50% dos direitos de Nico López. A resposta italiana demorou quase 60 dias, mas saiu. E foi negativa.

O UOL Esporte não só revelou o interesse em Nico López, mas toda a longa conversação entre as duas diretorias. Por fim, o Inter se mostrou pessimista e aguardava um retorno oficial para tabular contraoferta. O informe de que o interesse é pela venda de 100% dos direitos econômicos inviabilizou prosseguimento nas tratativas.

"Não vamos além daquilo que nos propusemos a fazer. A Udinese disse que não pretende o modelo de negócio oferecido. Tentamos uma parceria, não deu. Recuamos e nesse momento", disse mais cedo Carlos Pellegrini, vice de futebol do Inter.

Um dos nomes sondados pelo Inter para a vaga que seria de Nico López é Eduardo Vargas. O chileno tem contrato com o Hoffenheim, da Alemanha, mas demonstrou interesse de voltar a América do Sul.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos