Piqué exalta competitividade de Messi e diz que argentino irá superar revés

Do UOL, em São Paulo

Lionel Messi recebeu o apoio de Gerard Piqué nesta segunda-feira, um dia depois de decidir dar adeus à seleção argentina - o craque perdeu um pênalti na decisão da Copa América, contra o Chile e não conseguiu pôr fim ao jejum de 23 anos sem títulos da equipe principal da Argentina.

De acordo com Piqué, Messi irá superar a derrota por causa da sua competitividade. O zagueiro do Barcelona ainda disse que não pôde conversar com o companheiro de time e admitiu que o golpe foi duro.

"Não falei com Messi. Sei o mesmo que vocês. Foi um golpe muito duro, mas, por ser competitivo, tenho certeza que ele vai se levantar como fez outras vezes", disse Piqué depois da derrota da seleção espanhola para a Itália nas oitavas de final da Eurocopa.

Ainda no estádio, Messi mostrou toda a sua decepção com o resultado e disse que não vestiria mais a camisa da seleção argentina depois da quarta derrota consecutiva em finais (Copa América 2007, 2015 e 2016, além da Copa do Mundo 2014).

"Pensei no vestiário. Acabou para mim a seleção. Já são quatro finais. Não é para mim, lamentavelmente. Busquei, era o que mais desejava, mas acredito que acabou", disse Messi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos