Roberto de Andrade abre chance de contratar corintiano dispensado pelo SP

Do UOL, em São Paulo

  • Juca Pacheco / saopaulofc.net

    Getterson (à direita) teve contrato com o SP interrompido horas depois do anúncio

    Getterson (à direita) teve contrato com o SP interrompido horas depois do anúncio

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, abriu a possibilidade de contratar Getterson, jogador do J. Malucelli, que chegou a ser emprestado ao São Paulo, mas foi dispensado por causa de uma série de tuítes, em que dizia ser corintiano e provocava o time do Morumbi. A revelação foi feita durante o programa "Boa Noite, FOX".

"Temos um departamento que fica mapeando todo mundo. É um jogador que tinha sido visto antes e estão vendo de novo agora", afirmou.

Roberto, no entanto, não criticou a decisão da diretoria do São Paulo de romper o acordo com o jogador. "Não condeno o Leco, porque se isso acontece no Corinthians, a atitude seria a mesma. Infelizmente".

Getterson usou o Twitter em 2012 para postar mensagens de apoio ao Corinthians e chamar o clube do Morumbi de "bambi". A decisão do São Paulo de encerrar o acordo de empréstimo ocorreu horas depois do anúncio da contratação.

Em uma das mensagens, o atacante lamentou a derrota do Corinthians no clássico com o São Paulo antes da viagem do time alvinegro ao Japão (na ocasião, em dezembro de 2012, o time são-paulino venceu por 3 a 1). Getterson também comemorou o título mundial corintiano conquistado após a vitória por 1 a 0 sobre o Chelsea.

Em entrevista ao UOL Esporte, Getterson revelou ter chorado quando soube que o acordo com o São Paulo seria cancelado e ele teria que voltar ao J. Malucelli. "Foi lá (no quarto do CT do São Paulo) que não aguentei segurar as lágrimas. Estava no quarto sozinho e acabei chorando".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos