Barrios se defende de acusação de Cuca e técnico recua

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Barrios repercutiu as declarações de Cuca

    Barrios repercutiu as declarações de Cuca

Lucas Barrios respondeu ao técnico Cuca na tarde desta terça-feira, um dia depois de o treinador conceder uma entrevista à Rádio Bandeirantes na qual questionou o comprometimento do jogador. O paraguaio reclamou do tom adotado pelo comandante, negou qualquer proposta e contou que chegou até a ser relacionado para o duelo contra o América-MG.

"Eu escutei a entrevista agora, só vi que muita gente me ligou preocupada. A verdade é que fiquei surpreso com o que ouvi aqui. Há dez dias estou treinando com o grupo e me parece um pouco estranho que se fale isso, que não estou comprometido", disse em entrevista para a Sportv. Na mesma rede, o técnico Cuca acabou recuando em suas declarações (leia mais abaixo).

"Fui relacionado para o América-MG e desconvocado. Não iria para o jogo, mas no dia anterior eu fui relacionado. Não estou falando que tenho que jogar, tenho que falar que as coisas tem que acontecer normalmente. Se você é relacionado e tirado da relação, não sei porquê aconteceu isso. Aí fui falar com ele na quinta", acrescentou.

"Para que tudo fique melhor, esperei para falar com ele, mas escuto que perguntam para o treinador, falou que estava entre T2 – trabalho de transição física", disse Barrios, relembrando a entrevista coletiva concedida pelo treinador, quando Cuca declarou na última sexta que o jogador se encontrava longe das melhores condições.

Cesar Greco/Fotoarena
Cuca comanda treino do Palmeiras

Agora tornadas públicas as desavenças com Cuca, Barrios questiona o seu próprio futuro como jogador do clube de Palestra Itália. "Não sei se vou sair ou não. Tenho de falar a minha verdade. Não quero receber e não ser útil", sentenciou.

"Não sei o que vai acontecer com a minha situação. Tenho uma reunião com o presidente e o treinador hoje. Vamos ver o que é o melhor para o Palmeiras. Sempre falei que o melhor para o Palmeiras é o melhor para todo mundo, pois o Palmeiras está acima de tudo. Se sou importante para o grupo, tudo bem. Mas se vou ficar para receber salário só. eu pensaria duas vezes. Vim aqui porque queria jogar no Palmeiras. A gente tem que ser claro. E gosto de passar a verdade.", discursou o camisa 8.

O futuro de Lucas Barrios no Palmeiras será definido ainda na tarde desta terça-feira. O próprio jogador anunciou que se reunirá na Academia de Futebol com o presidente Paulo Nobre e a comissão técnica.

O centroavante negou também qualquer insatisfação no Palmeiras, como relatou Cuca na noite da última segunda. "Muitas coisas que as pessoas perguntam que não posso falar. Sempre procuro fazer o melhor. A verdade é que eu falei que não estava contente com a situação. Não que estava descontente com o Palmeiras. Tive a sorte de ser campeão aqui no ano passado. Quando eu escuto isso (de que estava descontente), tenho que sair a falar. Não estava feliz com a situação, não com o clube."

Cuca responde

Minutos depois de Barrios falar ao programa, Cuca entrou por telefone na Sportv para dar outra versão da história. O treinador garante que conta com Barrios para a temporada e afirma ter tomado essa medida para 'cutucar' o atleta, visando uma melhora de desempenho.

"Em momento algum disse que ele é descompromissado, cumpre todos os horários, mesmo no time reserva treina com afinco. Quinta-feira passada conversamos e até em cima dessa conversa não o inclui na relação até em respeito porque ele disse que estava infeliz. Não empresto o Barrios para nenhum time brasileiro", afirmou.

"Ele começou como meu titular, mas infelizmente machucou. Talvez ele tenha interpretado mal quando disse que queria compromisso comigo. Quinta disse que queria contar com ele, mas ele não manifestou isso. Ele é um matador, um jogador diferenciado, e de repente não estava se sentindo útil", contou.

"Quando tinha relacionado ele para uma partida (América-MG, segundo o atacante), tiramos depois com uma conversa com a preparação. Se levamos ele para esse jogo, ele perde hoje, amanhã e depois. Podemos dar uma sequencia de treinamentos para ele criar uma melhor condição de jogo. Ele é um jogador que conto com ele", garantiu o treinador, que admitiu ter 'provocado' o centroavante.

"Lucas Barrios se está triste hoje, ele tem os motivos dele, temos que compreender. Ele vai estar feliz amanhã, quinta-feira estará à disposição, conto com ele. Às vezes é bom dar uma mexida na água. Próximo jogo tem o nome do Barrios. É um jogador importante para nós. Ele vai brigar por uma vaga. O time está encaixado. O Barrios é inteligente, um cara culto, sabe que o time tem um encaixe, mas a gente tem que ter outras alternativas", encerrou o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos