Blogueiros: Não ganhar com a Argentina impede Messi de ser o maior?

Do UOL, em São Paulo

  • Mike Stobe/AFP

    Lionel Messi se lamenta durante a final da Copa América

    Lionel Messi se lamenta durante a final da Copa América

Lionel Messi acumulou mais um fracasso com a Argentina no último domingo. O camisa 10 desperdiçou um pênalti na decisão e acabou sendo um dos responsáveis pela perda do título da Copa América para o Chile. Minutos depois, o craque do Barcelona acabou dizendo que não jogará mais pela seleção de seu país.

Será que ele tomou a decisão correta e deve mesmo parar de jogar pela Argentina? Não ganhar com a seleção hermana o impede de ser o maior jogador da história do futebol? Confira as opiniões dos blogueiros do UOL Esporte:

Messi deve largar a seleção?

André Rocha

Não. É possível curar as feridas, criar ainda mais casca e vencer em 2018. Mas deve ser duro atrair todas as cobranças pelos reveses e acabar blindando a incompetente e corrupta AFA.

Juca Kfouri

É claro que não e nem acredito que o faça. Pelé disse o mesmo após a Copa do Mundo de 1966 e depois mudou de ideia.

Julio Gomes

Não, de forma alguma. Seria o maior erro de sua carreira, maior que qualquer pênalti. Claro, se não se sente bem representando o pais ou se fosse uma espécie de protesto contra a AFA, aí tudo bem. Mas isso teria de ficar claro. Se é por estar cansado de perder, aí é uma decisão lamentável.

Mauro Beting

Jamais. Como Pelé em 1966, e Zidane, em 2004, ainda tem tempo para mudar de ideia. Para o bem do futebol.

Menon

Deveria continuar. Para seu bem e da seleção também.

Vitor Birner

Isso tem a ver com o desempenho em cada torneio. Não há a resposta para abranger todos. Tem mostrado futebol de qualidade. O time necessita mais de outros jogadores . Quando Pelé ganhou o primeiro Mundial, Didi foi o melhor da Copa, mas o Rei fez gols e deu chapéu, aos 17 anos, na final. No bicampeonato, se machucou e Garrincha brilhou. No tri, além do atleta do século, havia grandes craques que resolveram jogos. Messi não tem tal regalia. Rende menos que no Barcelona, assim como colegas da geração talentosa. Di Maria é a exceção.


Não ganhar com a Argentina impede Messi de ser maior?

André Rocha

Para quem tem os títulos de seleções como parâmetro - como eu, por exemplo - sem dúvida. Mas para as gerações mais recentes a Liga dos Campeões parece ter o mesmo peso.

Juca Kfouri

Eu acho que ele já é o melhor da história do futebol argentino. O maior do futebol argentino é o Maradona. Já o maior e melhor do futebol mundial segue sendo um certo Edson.

Julio Gomes

O que impede Messi de ser o maior é Pelé. Mas, claro, as derrotas com a seleção atrapalham Messi nesses debates (com os quais, por sinal, ele parece zero preocupado).

Mauro Beting

Messi é o maior jogador do século 21 e, para mim, o maior terráqueo de todos os tempos – Pelé é de outro planeta. Como diz Maradona, "Messi tem mais visão de gol do que eu. Mas eu tenho maior visão de campo". Tinha: Messi cada vez é melhor também na construção de jogo. Mais completo, mais objetivo, melhor atleta, mais eficiente. Se você atirar uma bigorna para Maradona, ele dará um bilhão de embaixadas até botar a bigorna na cara do gol para um companheiro; se você mandar uma bigorna para Messi, ele vai enfiá-la no ângulo da meta rival. Se tiver 10 adversários pela frente, vai driblá-los para enfiar a bigorna no ângulo. Como diz célebre piada a respeito dos argentinos, "Messi é o maior jogador do mundo, e um dos melhores da Argentina". Falando mais sério: Messi nunca vai ser mais ídolo – para eles – que Maradona. Mas é mais craque para o mundo. Maradona é aquela entrega pela camiseta, o cara que fez um gol de mão e outro driblando toda a Inglaterra quatro anos depois da Guerra das Malvinas. A perna esquerda de Diego ganhou uma Copa para a Argentina – a outra foi conquistada em 1978. Maradona, para eles, é maior. E será maior. Messi, para o mundo, é melhor.

Menon

Para os meus parâmetros, sim. Apesar da grande força atual da Champions League, eu vejo o rendimento em copas do mundo como um grande fator a ser considerado. E não figo bobagens como amarelão etc. E a capacidade de fazer história.

Vitor Birner

Mesmo se ganhasse, ou se for campeão do mundo como referência, não seria (será) o maior de todos.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos